João Felipe Barbieri (Foto: Reprodução)

Há quem ache que o problema do Rio de Janeiro é o tráfico de drogas, pelo contrário, é o tráfico de armas. O traficante de arma que alimenta a milícia, o narcotráfico, os pequenos e grandes assaltantes, e com armamentos superiores os das nossas forças de segurança.

Então a prisão feita nesta quarta-feira, 21/4, em Niterói pela Polícia Interestadual (Polinter) de João Felipe Barbieri, aquele que fugiu da prisão em novembro de 2020 com alvará falso, é de se comemorar. Ele é considerado um dos maiores traficantes de armas do mundo.

De acordo com a Polícia Civil, Barbieri foi preso na favela do Jacaré, em Piratininga, em Niterói. Ele será encaminhado para a Cidade da Polícia, na Zona Norte do Rio. O grupo criminoso comandado por Barbieri foi responsável por enviar milhares de fuzis para o Brasil. As armas eram escondidas em aquecedores de piscina.

Mas, um adendo, que grande traficante é esse que é preso duas vezes…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui