Um Maracanã sem almaA reforma e privatização do Maracanã levou embora a alma do bom e velho estádio. De acordo com o site do jornalista Sidney Rezende algumas medidas a ser tomadas pelo consórcio que administra o Maracanã deixarão apenas na memória algumas tradições cariocas.

Uma delas é a proibição de bandeiras com bambus e instrumentos musicais! Isso mesmo, sem música nos estádio, como se não fosse suficiente acabar com a Geral. Ah, falando em Geral, nada mais de torcer em pé e sem camisa. Quero ver falarem isso com um amigo meu, ele vai ficar só em casa mesmo.

Pelo jeito o Consórcio Maracanã daqui a pouco proíbe gritos, xingamentos e qualquer tipo de manifestação e o Maracanã só terá partidas de tênis e ópera!!!

Em um hangout Jan e eu falamos exatamente sobre isso, sobre o que é o Maracanã, o espírito dele que deixará de existir.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui