UPP

A Rocinha chama mais atenção, mas não é a única favela do Rio de Janeiro que, oficialmente pacificada, continua a viver com incidentes de violência explicita e combate armado entre a polícia e traficantes. Já há algum tempo apareceram os sinais de que nem toda UPP tinha o mesmo tratamento, hoje estamos vendo que esses sinais devem ser olhados com muito mais cuidado.

Se o governo estadual continuar a expandir o programa das UPP’s (que deve ser expandido sem dúvida), sem rever com muito cuidado as unidades atuais a fim de sanar os problemas (que não são pontuais), corremos o risco de que a UPP vire mais uma iniciativa fadada ao fracasso. Espero que não seja o caso, mas é preciso que a população cobre, não somente mais UPP’s, mas UPP’s que de fato funcionem.

Para exemplificar. Abaixo o numero de policiais por 100.000 habitantes nas UPP’s do Santa Marta e da Rocinha em comparação. Dados fornecidos pelo CPP (Comando da Polícia Pacificadora) e pelo IBGE. Tirem suas próprias conclusões.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui