Foto: Divulgação

A campanha de vacinação antirrábica de cães e gatos da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS), por meio do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Vigilância de Zoonoses e de Inspeção Agropecuária (Ivisa), avança pela Zona Norte do Rio no sábado 9 de outubro. Esse será o segundo dia da campanha, que acontece sempre a cada dois sábados, escalonada por bairros divididos em cinco grupos.

Haverá mais de 120 postos de vacinação funcionando de 9h às 17h. A lista completa está disponível no link. Nesta etapa, serão contemplados os bairros da Abolição, Água Santa, Bonsucesso, Brás de Pina, Cachambi, Colégio, Cordovil, Encantado, Engenho da Rainha, Engenho de Dentro, Engenho Novo, Irajá, Jacarezinho, Jardim América, Lins de Vasconcelos, Manguinhos, Méier, Olaria, Parada de Lucas, Penha, Penha Circular, Piedade, Pilares, Ramos, Rocha, Tomás Coelho, Turiaçu, Vaz Lobo, Vigário Geral, Vila Kosmos, Vila da Penha, Vicente de Carvalho e Vista Alegre.

No primeiro dia da campanha, em 25 de setembro, foram vacinados 52.470 cães e gatos. A meta da SMS é imunizar 80% desses animais no Município até 27 de novembro, como preconizam a OMS e o Ministério da Saúde, estimados em cerca de 670 mil.

A raiva é uma doença sem cura, mas que pode ser prevenida com a vacinação. Temos total confiança no imunizante ofertado, que tem a qualidade e segurança comprovadas. A campanha deste ano já começou com uma ótima adesão dos cariocas e esperamos manter essa tendência para garantir a proteção e saúde dos nossos cães e gatos” aponta o presidente do Ivisa, Rodrigo Prado.

Poderão ser imunizados cães e gatos a partir de três meses de idade e adultos saudáveis, além daqueles que expiraram o ciclo de doze meses da última dose. A vacina antirrábica deve ser administrada anualmente e é a principal forma de prevenção e controle da raiva, que não é notificada em cães e gatos no Município do Rio desde 1995 (26 anos) e, em humanos, desde 1986 (35 anos).

Além da campanha anual promovida pelo Ivisa, a vacinação antirrábica está disponível ao longo de todo ano no CCZ, em Santa Cruz, e no Centro de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, na Mangueira, para garantir o cumprimento da recomendação da aplicação de uma dose de vacina a cada doze meses para cães e gatos domésticos.

 

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui