Vassouras repete dose e promete excelente Festival de Cinema em 2023

Evento será realizado entre os dias 16 e 24 de junho e contará presença de figuras importantes da indústria cinematográfica

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Em sua primeira edição, em 2022, Vassouras presenteou o estado fluminense com o despertar de um novo evento. O Festival de Cinema de Vassouras, idealizado pelos irmãos Saglia, entregou uma programação aconchegante e especial ao Vale do Café. Entre os dias 16 e 24 de junho, o festival terá a sua segunda edição e repetirá a dose do ano anterior, mas com muitas novidades. 

O tradicional tapete vermelho, dos mais importantes festivais, conduzirá cineastas, atores, atrizes e os profissionais do audiovisual para as mostras competitivas. O principal prêmio do festival, Grão de Ouro, conta com a votação de júri especializado com nomes relevantes no setor audiovisual. O grande vencedor da primeira edição foi “Ela e Eu”, de Gustavo Rosa de Moura. 

O Festival de Cinema de Vassouras teve 492 inscrições de filmes para essa edição. Até o momento, foram divulgados alguns títulos de mostras competitivas.

Curtas-metragens Regionais

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

  • A Arte Singular do Vale do Café, da cidade de Conservatória
  • Talvez Eu Estivesse Errado, da cidade de Vassouras
  • Crioula, da cidade de Vassouras
  • Um Café Para Chamar de Seu, da cidade de Pinheiral
  • Alice Através da Tela, da cidade de Paulo de Frontin
  • Os Esquecidos, da cidade de Valença

Curtas-metragens de Documentário

  • Cinema é Drops, da cidade de Petrópolis
  • Sob(re) a Pele, de São Paulo
  • Memórias do Fogo, do Espírito Santo
  • Madrugada, do Rio Grande do Sul
  • Areia, Memória e Cinema, da Paraíba
  • Preciso Falar sobre ELA, da Bahia
  • Cabocolino, de Pernambuco

Curtas-metragens brasileiros de ficção 

  • Teatro das Máscaras, do Rio de Janeiro
  • A Morte do Funcionário, do Paraná
  • Manual da Pós-Verdade, do Distrito Federal 
  • Filha da Mãe D’Água, do Amazonas
  • Ventos do Verão, de Roraima
  • Com Amor, Andrade, de Minas Gerais
  • DEHATSI – Eu Era Outro Lugar, de São Paulo

Neste ano, o festival homenageará ainda um grande nome do cinema nacional com o Troféu Paulo José. Em 2022, a homenagem foi endereçada à Carlos Vereza. Por outro lado, o Troféu Severino Sombra destina um prêmio a empresários e figuras públicas que incentivam a propagação da cultura no Rio de Janeiro e no Brasil.

Cinema que abraça Vassouras

Jane Saglia, diretora executiva e curadora do evento, conta que além de fomentar o turismo e a cultura no centro-sul fluminense, o evento abre espaço para a mão de obra local. O Festival promoverá um concurso de “vitrines temáticas”, onde os lojistas vão decorar suas lojas com temas de cinema. Além disso, assim como em 2022, os restaurantes foram incentivados a preparar menus inspirados em filmes para que todos os visitantes e os moradores locais experimentem algo diferente. 

“Entendemos que ninguém melhor que os moradores da região para estarem conosco nessa jornada. O Festival de Cinema de Vassouras – No Vale do Café, pretende seguir promovendo intercâmbio para a produção audiovisual entre as cidades brasileiras”, explicou. 

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Vassouras repete dose e promete excelente Festival de Cinema em 2023

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Vassouras repete dose e promete excelente Festival de Cinema em 2023
Avatar photo
Jornalista, produtora e apresentadora do podcast cineaspectos. Como amante do cinema, ficou imersa em roteiros fantásticos, conheceu a beleza dos filmes de máfia e os incompreendidos dramas europeus. Sara adora desbravar a singularidade do cinema brasileiro, e acompanha de perto os principais festivais e mostras ao redor do mundo.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui