Flamengo 0 x 2 Santo André, pela final da Copa do Brasil de 2004, está na história das zebras do Maracanã - Foto: Reprodução/Internet

Completando 70 anos de existência nesta terça-feira (16/06), o Estádio do Maracanã, um dos mais famosos do mundo, além de ter momentos inesquecíveis que vão além do esporte, já foi palco de algumas ”zebras” futebolísticas. E o DIÁRIO DO RIO traz aqui as 5 maiores ocorridas no século XXI, isto é, de 2001 para cá. Confira.

5: Fluminense 3 (1) x (3) 1 LDU – Libertadores 2008

Jogadores do Fluminense incrédulos com a perda do título da Libertadores de 2008 para a LDU – Foto: Reprodução/Internet

Tem muita gente que não considera esse jogo uma zebra, haja vista a qualidade da equipe da LDU à época e o resultado do jogo de ida (4 a 2 para os equatorianos), mas pelo fato do Fluminense também ter um timaço, com jogadores como Gabriel, Thiago Silva, Arouca, Conca, Thiago Neves, Washington e Dodô, e estar jogando num Maracanã completamente lotado, com uma festa lindíssima da torcida tricolor, dá para colocar, né? Após vencer no tempo normal + prorrogação por 3 a 1, o título da Libertadores de 2008 foi decidido nos pênaltis, e a LDU acabou se sagrando campeã após um show de ”cera” do goleiro Cevallos e cobranças desperdiçadas pelos principais nomes do time das Laranjeiras. Os torcedores nunca esquecerão da fatídica noite de 2 de julho de 2008.

4: Vasco 1 x 2 Gama – Copa do Brasil 2007

Jogador do Gama celebrando vitória e classificação contra o Vasco na Copa do Brasil de 2007 – Foto: Reprodução/Internet

O dia 4 de abril de 2007 tinha tudo para ser histórico para o futebol. Com 999 gols segundo sua própria contagem, o atacante Romário, então com 41 anos, entrava em campo pelo Vasco para enfrentar o Gama pela Copa do Brasil no Maracanã em busca do milésimo gol na carreira. E justamente no estádio onde Pelé havia chegado à incrível marca, em 1969. Será que, quase 40 anos depois, o ”raio cairia novamente no mesmo lugar”? Pois bem, não só não caiu, isto é, Romário não marcou nenhum gol, como o Vasco ainda acabou eliminado da competição ao perder por 2 a 1, com o último gol sendo marcado numa brilhante cobrança de falta no último lance do jogo.

3: Flamengo 0 x 3 América-MEX – Libertadores 2008

Cabañas comemorando um de seus gols contra o Flamengo no inesquecível jogo pelas oitavas de final da Libertadores de 2008 – Foto: Reprodução/Internet

Mais uma vez a Libertadores de 2008 na lista. Desta vez, a zebra aconteceu nas oitavas de final. No dia 07/05 do referido ano, o Flamengo recebia no Maracanã o América do México, em jogo que marcava a despedida do técnico Joel Santana do comando do time rubro-negro – ele havia aceitado um convite da África do Sul para ser técnico da Seleção que teria uma Copa do Mundo em casa em 2010. Três dias antes, o Flamengo tinha sido campeão carioca em cima do Botafogo, no mesmo Maracanã, então o confronto contra o time mexicano tinha tudo para ser uma verdadeira festa, ainda mais que o jogo de ida havia sido 4 a 2 para o Rubro-Negro. Acontece, amigo, que futebol é uma caixinha de surpresas e, mesmo com todas as evidências favoráveis, nada é garantido. Com atuação memorável do atacante Cabañas, o América-MEX conseguiu vencer por 3 a 0, inverteu a desvantagem e conseguiu a classificação, colocando água no chopp da torcida rubro-negra. A festa foi encerrada mais cedo.

2: Fluminense 2 x 5 América-RN – Copa do Brasil 2014

Rodrigo Pimpão, que depois veio a passar alguns anos jogando pelo Botafogo, comemorando gol do América-RN contra o Fluminense pela terceira fase da Copa do Brasil, em vitória do time potiguar por 5 a 2 – Foto: Reprodução/Internet

Esse jogo poderia tranquilamente estar no 1º lugar do ranking. O dia 13 de agosto de 2014 marcava a partida de número 200 do atacante Fred com a camisa tricolor. Contra o América de Natal, no Maracanã, o Fluminense fazia o jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. No confronto de ida, no Rio Grande do Norte, vitória tranquila por 3 a 0. Para melhorar ainda mais as coisas, o Flu começou fazendo logo 2 a 0 no Maracanã. Ou seja, 5 a 0 no placar agregado, até então. Porém, numa das maiores zebras já vistas na história do estádio, o América-RN tirou forças sabe-se lá de onde e virou incrivelmente para 5 a 2 e, devido à maior quantidade de gols feitos fora de casa, eliminou o Fluminense e conseguiu a classificação às oitavas de final da competição. Uma zebra de assustar até Nelson Rodrigues e o Sobrenatural de Almeida.

1: Flamengo 0 x 2 Santo André – Copa do Brasil 2004

Jogadores do Santo André levantando a taça de campeão da Copa do Brasil de 2004 após vencerem o Flamengo por 2 a 0 – Foto: Reprodução/Internet

Apesar do ”emblematismo” da partida citada anteriormente, não tem como Flamengo x Santo André pela 2ª partida da final da Copa do Brasil de 2004 não vencer essa disputa. Após o empate por 2 a 2 no jogo de ida, realizado em São Paulo, a torcida rubro-negra preparou uma enorme festa no Maracanã no dia 30/06 para ”exorcizar” o fantasma do vice-campeonato do torneio no ano anterior, quando perdeu – de maneira justa – para o incrível Cruzeiro de Alex e companhia. Um ano se passou, o adversário era infinitamente menor… enfim, não tinha como dar errado. Mas deu. Numa noite para se esquecer – ou se lembrar e nunca mais repetir -, o Santo André acabou vencendo por 2 a 0 e conseguiu o maior feito de sua história até hoje. Até hoje, a torcida do Flamengo não consegue explicar o que aconteceu no Maracanã naquela fatídica noite. E, convenhamos, nunca vai conseguir.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui