O Tara é um veleiro batizado em homenagem à fazenda do filme “E o vento levou” Foto: Divulgação

A partir do dia 04 de novembro, cariocas e turistas vão conferir de perto o Tara, um veleiro de pesquisa ultra tecnológico que atua na preservação dos oceanos. A embarcação ficará ancorada na Marina da Glória, na Zona Sul do Rio, onde serão realizadas uma série de atividades educacionais e de conscientização do meio ambiente. A programação inclui, lives, cafés e conferências científicas com especialistas, tudo voltado para crianças, adolescentes e adultos.

A inciativa integra a FrancEcolab Brasil 2021, ação promovida pela Embaixada da França no Brasil, em parceria com a Fondation Tara Océane, instituição que faz expedições pelo mundo, com a finalidade de estudar o impacto das mudanças climáticas e a crise ecológica nos oceanos.

O objetivo do projeto é trazer para o debate temas como biodiversidade marinha, poluição dos oceanos e rios e os microplásticos lançados nas águas. O Tara ficará à disposição do público até o dia 11 de novembro.

Ao portal CCI França Brasil (Câmara de Comércio França Brasil), André Abreu, representante da Fondation Tara Océan, detalha algumas das atividades previstas no veleiro.

Vamos apresentar uma exposição sobre microplásticos traduzida para português, com atividades pedagógicas associadas ao projeto FrancEcolab, assim como material pedagógico sobre o microbioma marinho, um ecossistema pouco conhecido mas essencial para o planeta e o clima. Faremos um webinário e esperamos também realizar pelo menos uma conferência científica em parceria com o CNRS Brasil ( Centro Nacional de Pesquisa Científica (Centre National de la Recherche Scientifique – CNRS) é a maior Instituição de pesquisa da França), a Embaixada, o Consulado e as Instituições científicas brasileiras associadas ao projeto“, conta.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui