Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte, é um dos 6 hospitais que devem liberar leitos livres - Foto: Reprodução/Internet

Na última quarta-feira (22/04), a Justiça do RJ determinou um prazo de 48 horas para que os 6 hospitais da rede federal de saúde existentes dentro do município do Rio de Janeiro disponibilizassem os leitos livres para receber pacientes oriundos das demais unidades públicas do estado.

Como na quinta-feira (23/04) foi feriado estadual no RJ – Dia de São Jorge -, o prazo vence nesta segunda (27/04).



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

As 6 unidades hospitalares citadas na decisão da Justiça são:

  • Hospital Federal do Andaraí
  • Hospital Federal de Bonsucesso
  • Hospital Federal Cardoso Fontes
  • Hospital Federal de Ipanema
  • Hospital Federal da Lagoa
  • Hospital Federal dos Servidores do Estado

O Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, localizado no bairro do Maracanã, na Zona Norte, também pertence à rede federal, mas está sem vagas.

”Os 18 leitos de CTI estão ocupados, sendo 8 com pacientes entubados, em estado grave”, revelou o diretor, Fernando Ferry.

Na decisão da Justiça, também ficou estabelecido que a União deveria esclarecer quais providências vêm sendo tomadas para garantir que os insumos básicos e o material de proteção individual (EPI) para combate ao Coronavírus não faltem mais nos hospitais federais, como vinha acontecendo. Caso isso não aconteça, a pena é de multa diária.

Às 17h desta segunda, segundo a Defensoria Pública da União, haverá uma reunião entre integrantes da própria Defensoria, do Ministério Público Federal, das secretarias estadual e municipal de Saúde do Rio de Janeiro e da Advocacia-Geral da União.

Também nesta segunda, o DIÁRIO DO RIO informou que, dos 7 hospitais da rede estadual de saúde do RJ, somente 1 ainda tinha vagas disponíveis.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui