João Mendes de Jesus, vereador (eleito pelo Republicanos) e ex-secretário de Assistência Social, renunciou ao cargo de membro da CPI dos Guardiões, criada para investigar o caso dos comissionados que se revezavam em frente a hospitais para atrapalhar o trabalho da imprensa.

João fazia parte de um dos grupos de troca de mensagens em que as ações eram combinadas e divulgadas, inclusive sendo administrador.

Quem entra no lugar de Mendes é também ex-secretário de Crivella: Felipe Michel (PP), que ocupou a pasta de Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos, criada após o processo de impeachment.

Na quinta-feira (24/09), o presidente da Câmara, Jorge Felippe (DEM), anulou a votação que aprovou um recurso para mudar a composição da CPI.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui