Câmara Municipal do Rio de Janeiro - Foto Cleomir Tavares/Diário do Rio

A Câmara de Vereadores do Rio aprovou nesta terça-feira (08/06), em primeira discussão, por 31 votos a favor e 14 contra projeto lei do Executivo que cria o regime de previdência complementar para futuros servidores do Município do Rio. A medida será aplicada para os servidores que ingressarem no Legislativo, Executivo e Tribunal de Contas do Município, que ganhar acima do teto previdenciário após a publicação da lei.

O líder do governo na Câmara, vereador Átila Nunes (DEM), ressaltou que o modelo, semelhante ao já adotado pelo Governo do Estado e pela União, é necessário para ajudar a custear parte das aposentadorias para quem ingressar no funcionalismo com salários acima do teto de R$ 6.433,57.

“Isso vai ajudar a estancar futuros desequilíbrios financeiros com o pagamento das aposentadorias com valor acima do teto previdenciário. É importante frisar que a medida só valerá para os servidores que ingressarem no serviço público após a edição da lei. A adesão ao regime de previdência complementar é facultativa”, explicou o vereador.

Antes de ser colocada em votação, a proposta foi amplamente discutida em audiência pública, com a participação de representantes do funcionalismo, das comissões de Administração e Finanças e da Prefeitura do Rio.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

3 COMENTÁRIOS

  1. PERFEITO! NUM PAÍS ONDE MAIS DE 50% DE SUA RECEITA É PARA PAGAR SALÁRIOS, APOSENTARIAS E OUTRAS BENESSES DE SERVIDOR PÚBLICO, JÁ É UM BOM COMEÇO.
    SÓ NO BRASIL, O CONTRIBUINTE ASSALARIADO (A GRANDE MAIORIA), VIVE PARA PAGAR O SALÁRIO GORDO DAQUELE QUE LHE DEVE SERVIR. MAS O PROBLEMA DISSO É QUE ELES TEM BENESSES DESCOMUNAIS QUE UM TRABALHADOR COMUM NUNCA TERÁ NA VIDA, MAS VC CIDADÃO CONTRIBUINTE É OBRIGADO A PAGAR ESSA BIZARRICE IMORAL E NEFASTA.

  2. Tava mais do que na hora. A previdência do servidor público do jeito que era é pornográfica, um fardo pro contribuinte, que sofre na hora de receber os serviços de baixíssima qualidade que os servidores oferecem quando estão na ativa… e sofre na hora de carregá-los até o fim da vida pelo último salário!

    • PERFEITO! NUM PAÍS ONDE MAIS DE 50% DE SUA RECEITA É PARA PAGAR SALÁRIOS, APOSENTARIAS E OUTRAS BENESSES DE SERVIDOR PÚBLICO, JÁ É UM BOM COMEÇO.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui