Vermelho Brasil contará a história da Fundação do Rio de Janeiro

Vermelho Brasil contará a história da Fundação do Rio de Janeiro

7 de março de 2012 3 Por Quintino Gomes Freire
Compartilhe

Brasil-Vermelho-Davi-de-Almeida-107-e1330628712608Este fim de semana estava conversando com um amigo sobre o fato que parte de nossa história não é contada, entre elas a invasão francesa no Rio de Janeiro. que um dos fatores mais importantes foi a fundação pelos portugueses da Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, essa que vivemos.

Então, como carioca e fã de história, não tinha como não ficar empolgado com esta nota do blog do Daniel Castro. De acordo com o jornalista a Rede Globo exibirá a microssérie  Vermelho Brasil (Rouge Brésil). A produção, que será a maiori ndependente para TV já realizada no Brasil, contará a trágica tentativa dos franceses de conquistarem a Baía de Guanabara, em meados do século 16, antes de os portugueses fundarem a cidade do Rio de Janeiro. A história é contada sob o ponto de vista de duas crianças.

Com cinco episódios de 40 minutos cada um. foi orçada em R$ 20 milhões. Metade do orçamento veio da França. O Brasil entrou com R$ 7 milhões, sendo R$ 3 milhões de recursos de incentivos fiscais vinculados à TV Globo.

O ator português Joaquim de Almeida (de Velozes e Furiosos 5) e o sueco Stellan Skarsgärd (de Piratas do Caribe) são as estrelas de Brasil Vermelho. Eles interpretam respectivamente, o vilão e o protagonista, Nicolas Durand de Villegagnon, líder da expedição ao Brasil.

Na França, será exibida no formato de dois telefilmes de cem minutos cada um. Depois, irá para os cinemas, como longa-metragem. Só então poderá ser exibida pela Globo. A emissora, que ainda não definiu quando veiculará o produto, tem cinco anos para fazê-lo.

Filmada em Paraty, entre setembro e novembro, Vermelho Brasil é falada predominantemente em inglês, com vistas ao mercado internacional.

Diretor de mídias sociais na Agência B5, palestrante, publicitário, Defensor do Carioca Way of Life e Embaixador do Rio. Começou o Diário do Rio em 2007 e está a frente dele até hoje o levando ser um dos principais portais sobre o Rio de Janeiro.


Compartilhe