Vice-governador Claudio Castro/ Foto: Reprodução

Numa live com o vereador Felipe Michel, o vice-governador do Rio de Janeiro Cláudio Castro previu que a reabertura gradual do comércio acontecerá a partir do dia 8 de maio. Segundo ele, até lá alguns dos nove hospitais de campanha que estão sendo construídos já estarão prontos e, portanto, haverá mais leitos para os pacientes com Covid-19.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

O vice-governador, afirmou, no entanto, que as escolas serão as últimas a voltar a funcionar.

As crianças são grandes vetores do vírus, não podemos arriscar“, explicou.

Perguntado sobre a situação dos professores de educação física que trabalham em academias, o vice-governador disse que esses estabelecimentos terão que se adaptar a uma nova realidade.

Não poderá ter muita gente dentro ao mesmo tempo, o funcionamento precisa mudar”.

Ele prometeu se reunir com representantes do CREF (Conselho Regional de Educação Física) na próxima semana para discutir esta questão.

Cláudio Castro lamentou o fato de a pandemia ter chegado num momento em que o Estado estava se recuperando financeiramente. “Seria o ano do Rio de Janeiro decolar“.

Ele explicou que os preços dos equipamentos hospitalares aumentaram muito depois da pandemia.

O vereador elogiou a maneira como o Estado vem enfrentando esta crise e também o mutirão comunitário, que distribui cestas básicas com alimentos e produtos de limpeza para trinta dias para os cadastrados no Bolsa Família.

Tenho certeza de que o governo do Estado está fazendo o possível para frear esta pandemia e a sociedade ajudando bastante, respeitando as medidas e contribuindo para o achatamento da curva. Vamos vencer este desafio“, finalizou Felipe Michel.

2 COMENTÁRIOS

  1. Microempresas vivem do seu trabalho, do seu pequeno negócio, não recebem dinheiro do governo, nem cai do céu, não são ricos, tem contas pra pagar , estão todos falindo, endividados, com suas empresas destruídas.
    Enquanto isso tem filas enormes nos bancos, supermercados, drogarias, lojas de material de construção, padarias etc…., mas só pega COVID19 nos lojinha da esquina.

  2. Gostaria de saber quando as escolas estaduais de Nova Iguaçu darão o auxilio com cestas básicas aos seu alunos?
    Sou mãe de uma aluna da rede estadual no Grão Pará no Paraiso.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui