Foto: Reprodução Facebook

A Vigilância Sanitária do Rio fechou nesta terça-feira (4/08) três tendas que ofereciam, sem autorização da prefeitura, testes rápidos de Covid-19. Duas das barracas clandestinas estavam na Barra da Tijuca, na Zona Oeste e uma, em Botafogo, na Zona Sul.

As estruturas operavam sem qualquer tipo de controle para evitar que as pessoas se aglomerassem no local. A fiscalização foi motivada após denúncias de moradores em redes sociais.

A vigilância sanitária informou que os postos autorizados pelo município devem seguir regras de segurança — como só atender em ‘drive-thru’ e oferecer proteção completa para os funcionários.

Ainda segundo o órgão, a Anvisa regulamentou em 28 de abril, em caráter emergencial, o serviço de testagem — desde que apenas com kits rápidos e em “drive-thru”, quando a pessoa não sai do carro.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.


5 COMENTÁRIOS

  1. Muita palhaçada
    Isso tudo está a acontecendo pq nossos políticos não liberam um teste que deveria ser de graça para todos. Vergonhoso. Vai no UPA não tem teste, vai no hospital não tem teste, aí não podemos fazer o teste fora do carro por causa de aglomeração…
    País de merda! Querem mais que o povo morra. A pessoa paga um teste que deveria ser de graça.

    • Fifi vc hein! Deixa o povo testar, já nos hospitais e upa não dão esse serviço de graça o povo morrendo aí e vc fazendo fofoca em rede social. Por causa de pessoas como vc o Brasil nunca irá melhorar. Nuncaaa

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui