Carnaval Rio 2020 - Unidos da Tijuca - Dhavid Normando| Riotur

O segundo dia de desfiles do Grupo Especial do Carnaval Carioca trouxe apresentações que acirraram a disputa pelo título.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

A São Clemente fez um desfile divertido e muito animado, o que deixa a União da Ilha ainda mais temerosa quanto ao rebaixamento.

A Vila Isabel falou de Brasília e fez um desfile grandioso e com bonito visual. Candidata ao título.

O Salgueiro teve alegorias belíssimas, componentes cantando o samba e conexão com as arquibancadas. Pode levar o título, embora tenha pecado em alguns quesitos.

A Unidos da Tijuca de Paulo Barros decepcionou e o enredo sobre arquitetura não empolgou.

A Mocidade fez um desfile que emocionou ao homenagear Elza Soares e tem o melhor samba do ano, mas pecou no acabamento de alegorias. Tem alguma chance de vitória.

A Beija-Flor fez bom desfile, com o luxo e animação dos componentes já característicos. A escola voltou ao seu estilo e tem esperança de bom resultado, quem sabe até a vitória.

Como se pode ver, algumas escolas da segunda-feira tiveram bom desempenho e se juntam às melhores de domingo numa disputa acirrada pelo título.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui