Paquetá por Luiz Baruck

Um bairro charmoso e não muito conhecido do Rio é a ilha de Paquetá. Para quem gosta de locais bucólicos e cheios de história, é um prato cheio: o local serviu de inspiração para a criação do livro “A Moreninha”, de Joaquim Manuel de Macedo, publicado em 1844. A obra deu nome a uma das praias mais famosas da ilha, além de uma pedra que possui um mirante, com uma vista inesquecível.

Para conhecer a localidade, os turistas podem alugar bicicletas, pegar ciclo-táxis, ônibus de excursão ou charretes. Existem diversas trilhas para se desbravar entre as árvores, além da possibilidade de se alugar pedalinhos ou caiaques nas águas da Baía de Guanabara. Infelizmente, a água do mar não é própria para o banho, mas o local é muito aconchegante e encanta pela beleza.

Alguns moradores locais oferecem espaço para que os turistas possam tomar banho. O acesso é através das barcas, que possuem horários determinados para a entrada e saída de pessoas da ilha. É importante chegar cedo para conhecer melhor as belezas locais e a paisagem, que é um espetáculo à parte.

Paquetá por Sergio Araujo Pereira

Se você gosta de passeios durante o dia, leve sua família, amigos e aproveite. Lembre-se de levar filtro solar e muita disposição para caminhar. Paquetá ainda remete a uma parte do Rio tranquila e altamente receptiva.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui