A ida de 3 poderosos clãs políticos do Rio de Janeiro para o PSL do Rio de Janeiro pode ter mexido com o jogo sucessório e causar um grande problema para a tentativa de reeleição do governador Claudio Castro (PL). É que o grupo está querendo lançar candidato ao governo do Estado, e pode ser o popular prefeito de Belford Roxo, Waguinho.

Em pesquisa feita pelo Instituto PrefLab, Waguinho aparecia com 0,3%. Pode parecer pouco, mas na mesma pesquisa o governador tinha 1,5%, com todo o espaço de mídia que já tem. E o PSL sendo o maior partido em fundo partidário e tempo de Tv resolveria rapidamente este problema. Além que o voto da Baixada caminharia para o prefeito, além daqueles que andam com o clã Garotinho e Brazão, os novos nomes do PSL. Entre outros que podem encontrar com eles, o espaço que não tem com Castro, Paes e na esquerda.

Outra possibilidade é que o candidato seja Garotinho, que na mesma pesquisa pontuou 12,6%, um honroso 2º lugar. E só não foi para o 2º turno contra Eduardo Paes em 2018 devido a uma condenação judicial das mais esquisitas, faltando menos de 2 semanas para o dia da votação.

Todo o xadrez que Castro vinha jogando muda agora. Vai ter de repensar como será o jogo e se vale tentar colocar este grupo todo em seu governo, e quem vai desagradar para isso.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui