O arquiteto e urbanista Washington Fajardo, que atualmente ocupa a Secretaria de Planejamento Urbano da cidade do Rio de Janeiro fez um apelo através de uma rede social para que o ministro da economia, Paulo Guedes, venda o prédio do Ministério da Fazenda, no Centro da cidade.

O secretário fala em transformar o espaço, atualmente subutilizado, em um local de hospedagem com outros usos.

“Ministro Paulo Guedes, por favor, venda esse prédio. Daria um hotel fantástico no Centro do Rio. #reviver #centro PS. Hotel com uso misto: moradia, coworking, poderia até manter o gabinete do ministro para quando estiver no Rio. Cabe muita coisa nesse prédio”, diz a postagem de Fajardo.

O prédio, que chama a atenção por sua beleza, tem sua origem em um concurso realizado nos anos 1930, por iniciativa do Governo Vargas. O concurso público para a nova sede do Ministério da Fazenda, em 1935, premiou um projeto de autoria dos arquitetos Wladimir Alves de Souza Enéas Silva.

Com a mudança da capital para Brasília, o prédio do Rio de Janeiro já não é mais sede do Ministério, mas ainda abriga os órgãos regionais do Estado do Rio de Janeiro e o gabinete do Ministro da Fazenda no Rio de Janeiro, e nele também estão o Museu da Fazenda Federal e a Biblioteca Central.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui