Weezer no Rock in Rio 2019 - Foto: Schlaepfer - I Hate Flash

Pinta de nerds e muita “sujeira” no som, essa foi a máxima do show do Weezer, no Rock in Rio. A banda americana ganhou muito destaque no circuito do rock alternativo durante a década de 90, mas com o passar dos anos, o grupo foi se descolando desse rótulo e transitou por vários estilos musicais ao longo da carreira.

O conjunto tocou no sábado (28/09), antecedendo o Foo Fighters, atração principal da noite, e não decepcionou. Além dos hits que consagraram a banda, como “Hash Pipe“, “Island the Sun” e “Say It Ain’t So“. O grupo tocou algumas versões de clássicos da música mundial, presentes no seu último álbum de estúdio, que é só de covers.

Canções como a maravilhosa “Africa” do Toto e “Paranoid” do Black Sabath incrementaram o set da banda. Mesmo com o público não respondendo de maneira tão efusiva a performance do grupo, oWeezer deu um show de carisma e arriscou conversar com a plateia em português em diversos momentos.

Depois de 15 anos de espera (A banda havia se apresentado apenas uma vez no Brasil, em 2005, e tocou unicamente em Curitiba) o Weezer mostrou que ainda é relevante e necessário para o cena de rock atual.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui