Foto: Reprodução

O ex-governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), declarou na tarde desta quarta-feira (23/06) que irá deporsob segredo de Justiça na CPI da Covid. A declaração foi feita em nota à imprensa na página do twitter do político.

A aprovação da oitiva em segredo de justiça de Witzel foi realizada sob protesto de senadores governistas. Também foi aprovada, a quebra de sigilo de seis organizações sociais pagas para administrar hospitais no Rio de Janeiro.

Witzel diz que na reunião em que foi firmado o depoimento, deixou claro que só falará mediante proteção policial, por questões de segurança e para que seja garantido que as medidas apropriadas serão tomadas. O ex-governador do Rio criticou o governo federal, ele disse:

“Como foi noticiado, não sou obrigado, pois tenho HC concedido pelo STF. Mas diferente de Bolsonaro, eu busco a verdade e tenho compromisso com ela e com a vida dos brasileiros”, afirmou Witzel.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui