Ploush por Guilherme Sales

Quem ainda não viu não pode perder a exposição “Obsessão Infinita” da japonesa Yayoi Kusama. As bolas de vários tamanhos e cores, marca registrada da artista, estão por todas as partes do Centro Cultural Banco do Brasil. Logo na bela entrada do prédio, bolas gigantes na cor rosa com poás pretos já anunciam o que será visto nas próximas salas. As 110 obras da artista abrangem o período de 1949 a 2012, variando entre esculturas, pinturas, vídeos e ambientes cheios de surpresas como a sala de espelhos que iluminada pelas bolinhas resulta em uma incrível ilusão de infinito.

Outro destaque é a Sala da Obliteração onde os visitantes podem decorar o ambiente todo branco com adesivos de bolas coloridas, distribuídos na entrada. O resultado é fantástico. Há também a reprodução de salas de um apartamento onde bolinhas fluorescentes encantam os ambientes sob a luz negra. Pinturas em telas gigantes compõem outras salas do CCBB, além de vídeos e trabalhos em papel.

A arte contemporânea de Kusama também inspira o mundo da moda. As bolinhas estão presentes em coleções, por exemplo, da Louis Vuitton. O curioso é que Yayoi Kusama, de 84 anos, sofre de transtorno obsessivo compulsivo e alucinações. Após anos vivendo nos Estados Unidos, atualmente mora em Tóquio em uma clínica psiquiátrica, local onde também produz suas obras.

Sucesso absoluto na Argentina, a exposição também já encantou muitos cariocas. Quem ainda não viu, “Obsessão Infinita” ficará no Rio até dia 20 de janeiro de 2014, de 4ª. a 2ª. das 9h às 21h. CCBB – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro. Imperdível!

Carioca, formada em Turismo e MBA em Marketing. Autora de 11 títulos de Guias de Viagem no formato e-book à venda na Saraiva, Travessa, Amazon, iTunes, entre outras. Participante de outros projetos como escritora de artigos e posts para blogs e mídias sociais. Apaixonada por fotografia e internet.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui