O Copacabana Palace não irá realizar em fevereiro de 2021 seu tradicional e famoso baile de Carnaval. Em linha com a decisão da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) de adiar os desfiles do próximo ano, o hotel também optou por deixar a festa mais para frente. A ideia é realizar o Baile do Copa – cujo convite chega a custar R$ 4.400 – quando houver realmente a definição das datas do Carnaval carioca. O evento costuma reunir mais de duas mil pessoas. É uma aglomeração daquelas…

Tradição desde 1924

Realizado no sábado de Carnaval, o Baile do Copa teve sua primeira edição em 1924, meses após a inauguração do hotel, e já recebeu figuras icônicas como Brigitte Bardot, Zsa Zsa Gabor, Rita Hayworth, Jayne Mansfield, Quincy Jones e o príncipe Albert II de Mônaco, além de muitas celebridades brasileiras, políticos e empresários poderosos. Em 1973, a festa deixou de ser realizada pelo hotel e voltou duas décadas depois. Todo ano uma personalidade é eleita a rainha do baile: as mais recentes foram Camila Queiroz, Deborah Secco, Isis Valverde e Sabrina Sato.

ArtRio 2020: o que vem por aí

Marcada para o período de 14 a 18 de outubro, na Marina da Glória, a edição 2020 da ArtRio vai mesclar programação presencial com atividades online. Já são mais de 30 galerias confirmadas, sendo algumas das cidades de São Paulo, Brasília, Curitiba e Vitória, além da galeria italiana Continua, de San Gimignano. Devido à pandemia, o número de visitantes também será limitado, com indicação de horário de entrada e tempo de permanência.

“Brechó online” agita condomínio de luxo de São Conrado

Da série “não está fácil para ninguém”: moradoras de um condomínio de luxo de São Conrado montaram um grupo de WhatsApp para vender entre si roupas, acessórios e objetos que estão sem uso em casa. Os preços são bem camaradas – há, por exemplo, blusinhas Ralph Lauren a R$ 15 – e a comercialização é segmentada por data e tipo de produto: há um dia só para roupas, outro para livros, outro para brinquedos e assim vai. Bons tempos em que estes objetos eram doados às igrejas, funcionários da casa ou moradores de rua…

Manoel Thomaz Carneiro: demanda crescente por sessões de psicanálise

O psicanalista e professor Manoel Thomaz Carneiro, muito conhecido entre o público feminino do circuito Zona Sul-Barra, revela que nos últimos meses houve um aumento significativo na procura por sessões de análise. “Essa demanda cresceu tanto para mim quanto para os meus colegas da psicanálise e psiquiatria”, comenta o especialista, que tem mais de 30 anos de carreira e atende em formato presencial e online. “Por causa da pandemia, o mundo vive um sentimento comum que é o medo. É algo bem complexo, que faz com que mais pessoas tenham quadros de ansiedade, depressão e compulsões”, afirma. Carneiro também acrescenta: “É preciso buscar novos caminhos. Se o vento não está favorável, é bom mudar a posição da vela. É assim com tudo”.

Crise? Onde? Chez Claude bomba em Sampa

Inaugurada no último dia 16, no bairro do Itaim Bibi, a filial paulistana do restaurante Chez Claude tem feito Claude Troisgros e seu filho, Thomas, darem pulos de alegria. O movimento está melhor do que a dupla imaginava. O cliente que telefona para fazer reserva de mesa ouve o pedido para “retornar a ligação daqui umas duas ou três semanas”.

Em meio ao desemprego nas alturas, uma boa notícia…

Enquanto muitos setores sofrem com demissões por conta da pandemia de covid-19, os supermercados do Rio seguem contratando. De acordo com a Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ), desde o início do isolamento social quase 4 mil vagas de emprego – entre fixas, temporárias e novas posições – foram criadas pelo setor. E houve também a criação de cargos, entre eles de Auxiliar de Qualidade. “A rotina desse profissional inclui tarefas como verificar a correta higienização de carrinhos e cestas de compras, checar a utilização de equipamentos de proteção por todos os colaboradores, além de orientar clientes a manter o distanciamento”, comenta Fabio Queiróz, presidente da associação.

TRÊS PERGUNTAS PARA NINA KAUFFMANN – RELAÇÕES PÚBLICAS, PRODUTORA DE EVENTOS E INFLUENCIADORA DIGITAL

Com portfólio de eventos repleto de marcas de luxo (muitas delas internacionais), Nina Kauffmann é uma das relações públicas mais conhecidas do Rio. Suas festas e coquetéis costumam reunir as mulheres mais elegantes da cidade – em especial da Barra da Tijuca – e têm convites disputadíssimos. Em entrevista à coluna, a profissional falou sobre o “novo normal” do setor, as técnicas para fazer um evento bombar e as perspectivas do mercado de luxo. Confira:

O que podemos considerar como “novo normal” na área de eventos? Quais as principais mudanças?

Nina: Os eventos online, com todo o seu potencial, não devem sair do foco por um bom tempo. E os presenciais deverão seguir as regras e protocolos da Vigilância Sanitária.

Quais são as técnicas para fazer um evento bombar?

Nina: Pense em uma data que não coincida com feriados ou com outros eventos que possam ser de interesse do seu público-alvo. Hoje, cada vez mais os convites estão sendo online. Por isso, crie um que desperte o desejo nos convidados. A lista de convidados deve ter um mix de formadores de opinião, artistas, imprensa, blogueiras(os) e modelos. A música geralmente deve ser num tom que não atrapalhe a conversa entre os convidados.

Você é uma grande conhecedora do mercado de luxo. O que podemos esperar deste segmento para 2021?

Nina: O segmento de luxo não está parado no Brasil. E um dos motivos é que as pessoas não estão viajando muito e o dinheiro que seria usado em viagens foi para o mercado interno. As vendas online vieram para ficar e as marcas premium estão treinando suas equipes para esse novo tipo atendimento. Aliás, eu soube de marcas de luxo que venderam mais em junho e julho deste ano do que no ano passado. Tudo pelo WhatsApp e online. 2021 parece que vai continuar nesse ritmo.

…FIO…DA…MEADA…

*** Ana Carolina faz show em homenagem ao Dia Mundial do Coração, terça-feira, 29 de setembro, no Cristo Redentor, com transmissão pelas redes sociais. Começa às 20h.

*** A Louis Vuitton acaba de lançar uma bolsa assinada por Beatriz Milhazes. A peça traz as formas e cores usadas nas obras da artista plástica e exalta todo o poder feminino.

*** Recuperado da covid-19, Rodrigo Simas volta a gravar a novela “Salve-se quem puder” (Globo) na próxima semana.

*** A Silvia Cintra + Box 4, na Gávea, abre a exposição “100 anos de Amilcar de Castro” na próxima quarta-feira, 30 de setembro.

*** O restaurante e chocolateria Nooma abre unidade, hoje, no Shopping Leblon.

*** O sommelier Dionísio Chaves lançou uma página na rede colaborativa de informação Fleekus.com, onde fala sobre o universo dos vinhos.

*** Comentário de Tutty Vasques no Facebook: “Cansado de ser sacaneado por amigos paulistanos a cada ação ridícula de Crivella, já tem carioca torcendo para o Celso Russomano nas eleições para a prefeitura de São Paulo. O pessoal no Rio está a fim de ir à forra.”

Fotos: Baile do Copa – Arquivo pessoal / ArtRio e Nina Kauffmann – Bruno Ryfer / Manoel Thomaz Carneiro e Fabio Queiróz – Divulgação

Yuri Antigo
Formado em Jornalismo desde 2007, Yuri Antigo é um paulistano que ama e respira o Rio de Janeiro. Já assinou colunas nas revistas Go Where Rio e Go Where Luxo, além de já ter colaborado com a coluna Beira-Mar, da Veja Rio. Em 2008 criou o blog Society Carioca, que anos depois ganhou novo porte e passou a se chamar Society Rio-SP. Atua também como Consultor de Comunicação e Relações Públicas. Recebeu, em 2017, o título de Embaixador do Turismo do Rio de Janeiro.

5 COMENTÁRIOS

  1. Boa noite, Yuri, tudo bem?
    Sou idealizadora e administradora do Bazarzin e gostaria de esclarecer o propósito do grupo, assim como ações sociais paralelas que promovemos diariamente atendendo a centenas de pessoas. Além do projeto AMAR, Associação das Mães Amigas da Rocinha (formada por nós, mães do Village) que beneficia com cestas básicas famílias da Rocinha, promove cursos e ajuda pontualmente em diversas questões, atuamos incansavelmente em situações críticas do dia a dia de famílias menos favorecidas. Seria um prazer lhe apresentar nossas ações, caso tenha interesse.
    O Bazarzin é uma forma divertida e informal de circular energia entre amigas do nosso bairro, trata-se de uma ação sustentável.
    Entendemos que as tais instituições citadas pelo senhor necessitam sim de comida, brinquedos e remédios, além de tudo isso doamos também tempo e afeto.
    O grupo inclusive já fez algumas vendas que foram revestidas em ações sociais.
    Espero que tenha percebido que o teor da nota é absolutamente errôneo.
    Obrigada,
    Tatiana.

  2. Yuri, as notícias de hoje foram perfeitas!Vc sempre bem informado! Muito sucesso!Aguardando a Art Rio, Carnaval não curto…mas como a cidade fatura ficamos apreensivos…

  3. […] O psicanalista e professor Manoel Thomaz Carneiro, muito conhecido entre o público feminino do circuito Zona Sul-Barra, revela que nos últimos meses houve um aumento significativo na procura por sessões de análise. “Essa demanda cresceu tanto para mim quanto para os meus colegas da psicanálise e psiquiatria”, comenta o especialista, que tem mais de 30 anos de carreira e atende em formato presencial e online. “Por causa da pandemia, o mundo vive um sentimento comum que é o medo. É algo bem complexo, que faz com que mais pessoas tenham quadros de ansiedade, depressão e compulsões”, afirma. Carneiro também acrescenta: “É preciso buscar novos caminhos. Se o vento não está favorável, é bom mudar a posição da vela. É assim com tudo”. Este é um dos destaques da coluna de hoje no Diário do Rio. Confira o conteúdo completo aqui. […]

  4. […] Era de se esperar: o Copacabana Palace não irá realizar em fevereiro de 2021 seu tradicional e famoso baile de Carnaval. Em linha com a decisão da Liesa de adiar os desfiles do próximo ano, o tradicional hotel também optou por deixar a festa mais para frente. Este é um dos destaques da coluna de hoje no Diário do Rio. Confira o conteúdo completo aqui. […]

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui