Enquanto a Prefeitura do Rio vem quebrando a cabeça para fazer uma festa de Réveillon atrativa e que ao mesmo tempo respeite as regras de distanciamento social devido à pandemia, a indústria hoteleira da cidade segue bem otimista e comercializando suítes com preços de arregalar os olhos. O Hotel Fasano, em Ipanema, por exemplo, tem pacotes especiais de 4 noites para duas pessoas que vão de R$ 22.900 a R$ 99.900 (mais 5% de imposto). No Emiliano, em Copacabana, os valores são semelhantes: começam em R$ 19.500 e vão até R$ 95 mil. Já o tradicionalíssimo Copacabana Palace tem – veja que curioso – preços bem menores: de R$ 14.610 a R$ 26.449. A variação é por conta do tamanho da suíte e se tem vista ou não para o mar.

Outras opções atraentes…

A coluna também fez um levantamento no site Hoteis.com para apurar outras opções em empreendimentos estilosos e “mais acessíveis”, considerando o período de 30 de dezembro a 3 de janeiro (4 noites). O Hilton Copacabana tem pacote de R$ 8.134; o Ritz Hotel Leblon sai por R$ 5.839; e o Hotel Nacional, em São Conrado, fica R$ 4.649. Quem optar pela Barra da Tijuca, encontrará, por exemplo, pacotes do Grand Hyatt a R$ 4.615 e do Windsor Marapendi a R$ 3.875. Vale ressaltar que estes preços podem sofrer alterações a qualquer momento e são “a partir de” (dependendo do quarto escolhido, o valor aumenta).

Ex-presidente da Riotur investe na carreira de coach

Vencer obstáculos, alcançar o sucesso e transformar vidas. Estes são os objetivos de Marcelo Alves, profissional de marketing com mais de 30 anos de experiência, em sua nova missão de ajudar pessoas. Além de oferecer palestras e cursos online, o ex-presidente da Riotur (ele deixou o cargo em março deste ano, logo após o Carnaval) lança nos próximos dias o livro “Evoluir é a sua marca”. “A publicação traz 10 lições para a evolução que aprendi e passarei para todos. Essa é a minha missão agora”, conta.

Casa Cor Rio é transferida para janeiro

Prevista inicialmente para novembro, a edição de 30 anos da Casa Cor Rio foi transferida para o começo de 2021. O evento será de 19 de janeiro a 7 de março, no palacete da família Brando Barbosa, no Jardim Botânico, rodeado por um jardim de 12 mil m² de Mata Atlântica. “Será uma mostra híbrida, com atrações físicas e digitais, ampliando a visibilidade dos nossos profissionais e parceiros, já que teremos abrangência nacional e internacional”, conta Patricia Mayer, uma das organizadoras.

Redução salarial expressiva

Um apresentador da Globo anda lamentando com amigos mais próximos sobre a significativa queda salarial que teve nos últimos meses, após precisar negociar com a emissora um novo contrato. Se antes ele tirava cerca de R$ 80 mil por mês, hoje dificilmente chega a R$ 40 mil (já com os merchandisings).

Leo Russo: sambista e comunicador

O cantor Leo Russo está feliz da vida: conseguiu finalizar a faculdade de Comunicação. “A cerimônia de colação de grau foi toda online. Sempre gostei muito de rádio e TV. Já tive, inclusive, um quadro semanal na Rádio MEC. Sou muito comunicativo”, comenta o sambista, que planeja lançar em breve uma regravação da música “Temporal”, dos anos 90.

Demanda crescente por aluguel de quartos e apês

O Appzinho, site de aluguel de quartos e apartamentos que atua desde 2018 na cidade do Rio, registrou 319 mil buscas somente no mês de agosto, uma alta de quase 700% em relação ao mesmo período do ano passado. Os bairros mais procurados atualmente são Copacabana, Botafogo, Flamengo e Centro, principalmente pelo público de 25 a 34 anos (47%). As características mais desejadas para um local ofertado são: ter estação de metrô perto, ser pet friendly e já ter mobília.

TRÊS PERGUNTAS PARA O CERIMONIALISTA ROBERTO COHEN

Cerimonialista há mais de 30 anos, Roberto Cohen exerce com maestria a magia de transformar “sonhos em realidade”. Já são mais de três mil festas realizadas e com uma clientela repleta de famosos como Juliana Paes, Carolina Dieckmann, Latino e Zeca Pagodinho, entre outros. Mesmo com baque no setor de eventos devido à pandemia, Cohen não cruzou os braços durante a quarentena: ele gravou um curso online, realizou um projeto de mentoria focado no universo de casamentos e deu andamento em eventos que vão acontecer nos próximos meses. Confira o bate-papo que tivemos com o profissional: 

O setor de eventos foi um dos mais afetados devido à pandemia. As atividades já estão sendo retomadas?

Roberto: Infelizmente o tamanho do Brasil faz com que a retomada seja irregular. Cidade como Manaus e Cuiabá, por exemplo, já aceitam o “novo normal” enquanto outras regiões sequer admitem uma simples reunião. Mas estamos voltando, sim.

Você tem casamentos agendados ainda para este ano ou tudo foi transferido para 2021?

Roberto: Ainda tenho pequenos casamentos agendados para este ano, sem mega produções, mas com muito requinte nos detalhes. Chamamos de “casamento boutique”. As cerimônias ao ar livre, campo, praia ou pousadas de charme terão um olhar mais valorizado na retomada. A experiência levada aos convidados também é algo super disputado neste momento.

Quais são as principais mudanças que teremos daqui pra frente em relação a realização de casamentos?

Roberto: Acredito que a higiene e o distanciamento são as novas regras até ter a vacina. Mas não tenho dúvidas de que assim que ela chegar, retornaremos com forças redobradas. As pessoas terão motivos extras para comemorar.

…FIO…DA…MEADA…

*** O MAM-Rio reabre no próximo dia 12, de quinta a domingo, praticando o modelo de contribuição sugerida, ou seja, o visitante paga se puder e o quanto julgar justo.

*** As amigas Ana Paula Barbosa e Claudia Bertini estão com uma nova empreitada: elas criaram juntas a TwoB Fashion, loja virtual de roupas femininas.

*** O livro “Samuel Wainer — O homem que estava lá” (Companhia das Letras), de Karla Monteiro, chega às livrarias dia 20 de setembro.

*** Dia 15 de outubro tem eleição para escolher a nova presidência do Jockey Club Brasileiro. A disputa é entre Raul Lima Neto e o atual presidente Luiz Alfredo Taunay.

*** Inaugurado no fim de julho, o restaurante português Gajos D’Ouro vem conquistando dia após dia a clientela de Ipanema. Boa parte da equipe veio do Antiquarius.

Fotos: Fasano, Marcelo Alves, Palacete Brando Barbosa e Leo Russo – Reprodução / Roberto Cohen – Divulgação

Yuri Antigo
Formado em Jornalismo desde 2007, Yuri Antigo é um paulistano que ama e respira o Rio de Janeiro. Já assinou colunas nas revistas Go Where Rio e Go Where Luxo, além de já ter colaborado com a coluna Beira-Mar, da Veja Rio. Em 2008 criou o blog Society Carioca, que anos depois ganhou novo porte e passou a se chamar Society Rio-SP. Atua também como Consultor de Comunicação e Relações Públicas. Recebeu, em 2017, o título de Embaixador do Turismo do Rio de Janeiro.

1 COMENTÁRIO

  1. […] Enquanto a Prefeitura do Rio vem quebrando a cabeça para fazer uma festa de Réveillon atrativa e que ao mesmo tempo respeite as regras de distanciamento social devido à pandemia, a indústria hoteleira da cidade segue bem otimista e comercializando suítes com preços de arregalar os olhos. O Hotel Fasano, em Ipanema, por exemplo, tem pacotes especiais de 4 noites que chegam a R$ 99.900 (mais 5% de imposto). Esse é um dos destaque da coluna de hoje no Diário do Rio. Confira aqui. […]

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui