Yuri Antigo – Previsto para março, cruzeiro de Roberto Carlos está na corda bamba

Coluna desta semana também traz detalhes do cancelamento dos ensaios de rua das escolas de samba; o retorno de Vera Fischer aos palcos; e muito mais!

Prevista para acontecer entre os dias 11 e 15 de março, a edição 2022 do “Projeto Emoções em Alto Mar”, o famoso cruzeiro de Roberto Carlos, corre sério risco de não se concretizar. Oficialmente e até o momento, a viagem está confirmada.

Porém, diante do agravamento da pandemia de covid-19 e os recentes problemas envolvendo outros cruzeiros, o sinal de alerta foi aceso. “Já estamos começando a pensar em alternativas. Adiar não é tão simples, mas é o mais provável”, revela um integrante da organização, que prefere não ter seu nome divulgado. O próprio cantor está bastante apreensivo diante da situação atual.

Realizado desde 2005, o projeto é sempre muito aguardado pelos fãs do Rei. A edição do ano passado foi cancelada devido à pandemia e a de agora seria uma espécie de “renascimento”. Praticamente todas as cabines já foram vendidas (para a maioria há, inclusive, lista de espera).

O cruzeiro é feito no navio MSC Preziosa, com direito a uma noite de show de Roberto Carlos. A embarcação comporta mais de 4.300 passageiros e possui diversos atrativos, como piscina com borda infinita, teatro, cinema, cassino e spa. O embarque é feito no Porto de Santos, no litoral de São Paulo.

Covid-19: Jayder Soares testa positivo e escolas suspendem ensaios de rua

Jayder Soares – mesmo já tendo tomado as três doses da vacina – é mais um que testou positivo para a covid-19. O presidente de honra da Grande Rio planejava comemorar seu aniversário na quadra da escola, na terça-feira que vem, 11/1, mas agora está em isolamento. Além disso, a agremiação de Duque de Caxias resolveu cancelar os ensaios de rua por conta da elevação de casos do coronavírus e influenza. Beija-Flor, Vila Isabel e São Clemente também fizeram o mesmo.

Luiza Trajano é destaque no New York Times

A edição deste sábado (8/1) do New York Times traz um longo perfil da empresária e presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, Luiza Trajano, destacando a política adotada na companhia para combater o racismo no Brasil. A reportagem cita que Luiza fez movimentos “além da esfera corporativa”, ao falar “abertamente” sobre questões raciais, desigualdade, violência doméstica e falhas do sistema político. “Partidos de todo o espectro político imploraram que ela se candidatasse – vendo nela uma rara mistura de pragmatismo, carisma e inteligência”, afirma a matéria.

Vera Fischer volta aos palcos no próximo dia 27

Vera Fischer segue em casa, quietinha, se recuperando da covid-19 (ela anunciou estar infectada, dias atrás, via Instagram). O que a tem feito sorrir é saber que em breve voltará aos palcos, no espetáculo “Quando eu for mãe quero amar desse jeito”, no Sesc Copacabana. A estreia está prevista para o dia 27 de janeiro. A loira vive na peça a septuagenária Dulce Carmosa, uma mãe obcecada pelo filho e por manter vivo o genoma de sua família. Ele vai dividir a cena com Larissa Maciel e Mouhamed Harfouch, sob a direção de Tadeu Aguiar.

Apresentação de Diogo Nogueira no Vivo Rio é adiada

A apresentação que Diogo Nogueira faria neste domingo, 9/1, no evento “Clube do Samba”, na varanda do Vivo Rio, foi adiada para 16/1. Motivo: alguns integrantes da equipe e da banda do artista testaram positivo para a covid-19. Os clientes que adquiriram ingressos têm seu acesso garantido na nova data.

O “Clube do Samba” foi fundado em 1979 pelo pai de Diogo, o sambista João Nogueira, que andava preocupado com a desvalorização do gênero musical no Brasil. A cantora Gisa Nogueira, irmã de João, o jornalista e pesquisador Sérgio Cabral, o compositor Paulo César Pinheiro e a cantora Clara Nunes foram alguns dos integrantes. A primeira sede foi na própria casa de João, no Méier. Nos 20 anos da morte do pai, em 2020, Diogo resolveu homenageá-lo reeditando o evento, onde recebe grandes nomes de antigas e novas gerações.

Hotel Fazenda São Moritz: boa opção para as férias de janeiro

Cercado de natureza exuberante, o Hotel Fazenda São Moritz, em Teresópolis, é uma ótima pedida para quem quer desfrutar de lazer ao ar livre. Localizado aos pés do Parque Estadual dos Três Picos, o empreendimento possui chalés em estilo suíço que acomodam desde casais a famílias inteiras. Para as férias de janeiro, o São Moritz preparou diversas atrações, com recreação para crianças e adultos que inclui caça vaga-lume (ecologicamente correto), jet grama, cineminha, visita interativa à fazendinha, futebol, vôlei, caminhadas energéticas, hidroginástica, jantares temáticos, passeios de charrete, entre outros.

80 anos de Nara Leão são comemorados com série documental

Para celebrar os 80 anos de Nara Leão (1942-1989), que seriam comemorados em 19 de janeiro de 2022, a série documental “O Canto Livre de Nara Leão” acaba de estrear na Globoplay. A produção traz entrevistas com pessoas que conviveram com a artista, pesquisa de imagens, fotos e arquivos – muitos inéditos. Na série de cinco episódios, os espectadores vão conhecer o lado crítico da cantora que ficou conhecido por sua voz calma, além de depoimentos de Chico Buarque, Paulinho da Viola, Maria Bethânia, Marieta Severo, Fagner e muitos outros.

Fotos: Roberto Carlos – Reprodução / Jayder Soares – Eny Miranda / Luiza Trajano – Reprodução / Vera Fischer – Reprodução / Diogo Nogueira – Instagram / Hotel Fazenda São Moritz – Tomás Rangel / Nara Leão – Reprodução

Formado em Jornalismo desde 2007, Yuri Antigo é um paulistano que ama e respira o Rio de Janeiro. Já assinou colunas nas revistas Go Where Rio e Go Where Luxo, além de já ter colaborado com a coluna Beira-Mar, da Veja Rio. Em 2008 criou o blog Society Carioca, que anos depois ganhou novo porte e passou a se chamar Society Rio-SP. Atua também como Consultor de Comunicação e Relações Públicas. Recebeu, em 2017, o título de Embaixador do Turismo do Rio de Janeiro.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui