Construção irregular de 600 m² erguida sobre canal é demolida na Ilha do Governador

A construção avançava rapidamente na Faixa Marginal de Proteção do Canal da Portuguesa

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

A Secretaria de Ordem Pública (SEOP), em colaboração com a Fundação Rio-Águas, realizou uma operação para demolir uma construção irregular na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio, na manhã desta quarta-feira (19/06). Localizado sobre o Canal da Portuguesa, o imóvel, que possuía três pavimentos e aproximadamente 600 m² de área construída, representava um sério risco de desabamento.

A construção, construída em alvenaria e estrutura metálica, avançava rapidamente em uma área crítica da Faixa Marginal de Proteção (FMP) do canal. A localização não autorizada pela Prefeitura do Rio poderia comprometer o fluxo natural das águas, aumentando o potencial de alagamentos e erosão na região.

img 9202 1 Construção irregular de 600 m² erguida sobre canal é demolida na Ilha do Governador
Foto: Fábio Costa/Seop

Segundo engenheiros municipais, o prejuízo estimado com a demolição da obra ilegal é de aproximadamente R$ 1,5 milhão. A ação foi necessária para mitigar os riscos iminentes à segurança pública e ao meio ambiente local.

Advertisement

“Na última semana completamos quatro mil demolições de construções irregulares e seguiremos firmes com as ações para preservar a vida das pessoas, ordenar a cidade e asfixiar financeiramente o crime organizado”, destaca o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Vídeo: Fábio Costa/Seop

Agentes da Guarda Municipal, Polícia Militar, Comlurb, Rio Luz, Light e Cedae estiveram envolvidos na operação, que visa também desestruturar financeiramente o crime organizado envolvido nessas atividades ilegais.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Construção irregular de 600 m² erguida sobre canal é demolida na Ilha do Governador
Advertisement