Primeira escola de samba do Brasil composta só por mulheres vai desfilar em 2024 com o enredo ‘Lugar de mulher é onde ela quiser’

Ao todo são 500 mulheres trabalhando no Grêmio Recreativo Escola de Samba TPM. A agremiação fará o desfile na Intendente Magalhães

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp


O meio do Carnaval ainda carrega uma herança machista. No grupo especial das escolas de samba, por exemplo, das 12 agremiações só duas (Imperatriz e Mangueira) têm presidentes mulheres. Há 10 anos, nascia um bloco só com componentes femininas. O projeto evoluiu e vai competir no ano que vem na Intendente Magalhães. O Grêmio Recreativo Escola de Samba TPM veio para ficar.

“A nossa história começa em 2013, em Madureira. O bloco Turma da Paz de Madureira – TPM – é uma entidade carnavalesca, que visa o empoderamento e a inclusão das mulheres através da cultura do Carnaval. Em 2023, na Intendente Magalhães, fizemos o nosso primeiro desfile pela categoria avaliação. Ficamos entre as campeãs, conquistamos o terceiro lugar no bronze e vamos em busca do [grupo] prata”, afirma Barbara Rigaud, presidente da escola.

No Carnaval do ano que vem, o Grêmio Recreativo Escola de Samba TPM vai levar para Intendente Magalhães o enredo “Lugar de Mulher é onde ela quiser”. O lançamento será no próximo dia 18/11, na quadra do Império Serrano, Madureira.

Advertisement

Esse evento de lançamento do Carnaval que será apresentado pelo TPM em 2024 acabou sendo adiado por problemas com a Prefeitura do Rio de Janeiro: “Uma falta de respeito. Ficamos no sistema da Subprefeitura 30 dias sem respostas, quando o sistema iniciou, já não tinha tempo para cumpri as exigências, mesmo assim cumprirmos“, disse Barbara Rigaud.

Ao todo são 500 mulheres trabalhando na escola. Em todas as funções necessárias para fazer um Carnaval acontecer. A ideia é o projeto crescer mais a cada ano para agregar um maior número de pessoas e conquistas nos carnavais.

“A luta contra o preconceito é constante. Depois de 10 anos de muita luta, resistência e vencendo todos os tipos de preconceitos, decidimos que era chegada a hora de voarmos mais alto, nos tornamos a primeira escola de samba feminina do Brasil”, contou a presidente Barbara Rigaud garantindo que Grêmio Recreativo Escola de Samba TPM veio mesmo para ficar e incomodar bastante.


Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Primeira escola de samba do Brasil composta só por mulheres vai desfilar em 2024 com o enredo 'Lugar de mulher é onde ela quiser'
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui