Usina Angra 1 aguarda renovação de licença para seguir em operação em 2025

Inaugurada para operação comercial em 1985, sua licença, concedida por 40 anos, expira em dezembro deste ano

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Às vésperas de completar 40 anos de operação, a Usina Nuclear Angra 1, localizada em Angra dos Reis, na Costa Verde, enfrenta um momento decisivo. A licença para sua operação, concedida por 40 anos, expira em dezembro deste ano, exigindo um novo aval para continuar suas atividades em 2025.

A Eletronuclear, empresa estatal responsável pela usina, já protocolou o pedido de renovação desde 2019 junto à Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen), órgão federal que regula a atividade nuclear no Brasil. A solicitação é para estender a operação da usina por mais 20 anos.

Atualmente, o processo de renovação está na fase de análise de certificados técnicos, etapa crucial para a aprovação da continuidade das operações da usina.

Advertisement

Angra 1 é um marco na história da energia nuclear no Brasil, sendo a primeira usina nuclear do país. Inaugurada para operação comercial em 1985, a usina utiliza um reator de água pressurizada (PWR), tecnologia amplamente empregada em todo o mundo. Com uma capacidade de geração de 640 megawatts, Angra 1 é capaz de fornecer energia elétrica para uma cidade de aproximadamente 2 milhões de habitantes.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Usina Angra 1 aguarda renovação de licença para seguir em operação em 2025
Advertisement