3 Plataformas de Petróleo chegaram ao Porto do Rio

Quem passar pela Baía ou pela Ponte poderá apreciar a paisagem com as três fundeadas simultaneamente por pelo menos um mês

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem: Nobrudrone

No último fim de semana, três plataformas de petróleo provenientes da Bacia de Campos, foram fundeadas no Porto do Rio de Janeiro. Quem passar pela Baía de Guanabara ou pela Ponte Rio – Niterói, poderá apreciar a paisagem com as três fundeadas simultaneamente por pelo menos um mês.

De acordo com o gerente de Acesso Aquaviário do Porto do Rio de Janeiro, Roque Pizarroso, a demanda das plataformas de petróleo por áreas de fundeio está em ascensão: “Quando os contratos com a Petrobras expiram, várias plataformas são liberadas do campo de exploração ao mesmo tempo e, durante sua permanência no porto, enquanto estão fora de operação, passam por reparos, atualização de maquinário e equipamentos e possivelmente por uma troca de tripulação”. Após esse período de desativação, a plataforma pode então voltar a operar sob um novo contrato.

As plataformas fundeadas no Porto do Rio de Janeiro incluem o navio sonda ODN I, localizado na área de fundeio 2F1A; a plataforma Ocean Courage, fundeada na área 2F11 Norte; e a plataforma NORBE VI, situada na área de fundeio 2F11 Sul. Todas essas áreas de fundeio são apropriadas para a estadia de plataformas.Essas complexas operações de fundeio foram realizadas entre sexta (22) e domingo (24), com uma plataforma fundeada a cada dia, envolvendo profissionais da PortosRio, da Marinha do Brasil e da Praticagem do Rio de Janeiro. Roque Pizarroso destacou: “Esse tipo de operação é altamente técnica e requer expertise dos profissionais envolvidos, mas foi um sucesso. A Baía de Guanabara oferece águas abrigadas que atendem a todos os requisitos de profundidade, ventos e correntes necessários para a operação”.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp 3 Plataformas de Petróleo chegaram ao Porto do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui