50ª edição da ABAV Expo registra crescimento de 30% e bate recorde de pré-inscrições

Em agosto, o Brasil arrecadou R$ 3,2 bilhões. Nos primeiros oito meses deste ano, o turismo gerou R$ 22 bilhões – melhor resultado dos últimos 25 anos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Divulgação

A 50ª edição da ABAV Expo, que teve início nesta quarta-feira (27), no Rio Centro, na Zona Oeste da cidade, bateu o recorde de pré-inscrições dos últimos anos: 33.600, segundo Magda Nassar, presidente da ABRAV. Considerada a maior feira de turismo da América Latina, a feira contou com as participações de autoridades como Marcelo Freixo (PT), Presidente da EMBRATUR; Gustavo Tutuca (PP), Secretário de Estado do Turismo do Rio; Celso Sabino (União), Ministro do Turismo; e Daniela Maia (PSDB), Secretária de Turismo do Rio de Janeiro.

“Já é possível afirmar que o sucesso da ABAV Expo 2023 está acontecendo porque o Rio de Janeiro é muito parceiro. Nós precisamos trabalhar e ajudar a Embratur a divulgar o Brasil. Ao longo destes três dias de evento, discutiremos a reforma tributária e nós estamos debruçados neste tema. Estamos indo a Brasília com frequência e é muito importante termos os políticos – deputados federais e senadores – do nosso lado”, disse Magda Nassar, comentando ainda sobre os desafios de montar um evento de grande porte totalmente sustentável. “Começamos uma verdadeira jornada ESG. Contratamos uma assessoria especializada no assunto, trouxemos operadoras, o Sebrae e montamos um comitê especial. Qual é a responsabilidade do turismo se não falarmos de sustentabilidade”, afirmou Magda, que é a primeira mulher a dirigir a instituição. Ela acrescentou que a feira registrou um crescimento de 30% em relação ao evento realizado no ano passado.

Em sua participação, Marcelo Freixo adiantou que uma parceria entre o Brasil e a TAP, empresa aérea de Portugal, rendeu ao País mais 11 voos semanais entre os dois destinos. “O caminho do crescimento do turismo nacional se dará pela união de todos que lutam por este setor. Recentemente, a Embratur inaugurou um portal e atualizou todas as informações sobre inteligência de dados”, comentou Freixo, que apresentou os principais indicadores do turismo nacional em 2023. Segundo Freixo, somente em agosto, o Brasil arrecadou R$ 3,2 bilhões. Nos primeiros oito meses deste ano, o turismo gerou R$ 22 bilhões – melhor resultado dos últimos 25 anos.

O ministro do Turismo, Celso Sabino, por sua vez, falou sobre os investimentos do novo PAC, que devem contemplar várias obras de infraestrutura, atraindo visitantes nacionais e estrangeiros. Além disso, de acordo com ministro, o Governo Federal deve firmar parcerias para alavancar o turismo plus, pousadas de charme, hotéis de luxo, entre outros segmentos do setor.

Advertisement

“Nosso maior desafio é aumentar a taxa de ocupação destes grandes empreendimentos turísticos. Também queremos incrementar programas ligados ao ecoturismo, turismo gastronômico e demais nichos. Criaremos uma sinergia/conectividade com os países membros do Mercosul, precisamos valorizar os turistas estrangeiros e os nacionais”, comentou Celso Sabino, complementado que tem dialogado com as companhias de aviação para aumentar a atual malha aérea. O lançamento do programa “Conheça o Brasil Voando” visa impulsionar o setor, permitindo que os brasileiros tenham acesso a passagens aéreas mais baratas. Os viajantes, no entanto, devem se planejar para a comprar as passagens com antecedência. Pelos cálculos da ANC é possível oferecer passagens a R$ 500,00, dependendo do destino.

O secretário Gustavo Tutuca comentou que o turismo nacional precisa de mais engajamento, que pode ser gerado pela belezas naturais da cidade do Rio de Janeiro.

“É muito bom falarmos sobre o crescimento e o desenvolvimento do turismo de nosso estado, nossa cidade e país. Precisamos de mais engajamento, pois sabemos que o Rio de Janeiro é a isca, a joia da coroa. Estamos conversando com as companhias aéreas, pois precisamos recuperar/revitalizar o Aeroporto Internacional Tom Jobim”, pontuou Tutuca, acompanhado por Daniela Maia em seu otimismo quanto aos atuais resultados do setor: “Essa edição da ABAV Expo 2023 Rio de Janeiro chancela esse crescimento e nós estamos de mãos dadas como o estado, a Fecomercio e a Embratur. Estarmos nessa sintonia só potencializa nosso crescimento turístico, cujo Rio de Janeiro tem vocação para se expandir e gerar novas oportunidades”, disse Daniela, lembrando  a parceria firmada com a Associação dos Correspondentes de Imprensa Estrangeira (ACIE) para divulgar o destino Rio de Janeiro.

A assessora da presidência da Fecomercio RJ, Adriana Homem Carvalho, comentou sobre a importância de a entidade participar da ABAV Expo pela primeira vez de uma forma tão significativa. Adriana afirmou que a Fecomércio, o Senac e o Sesc estão ocupando espaços relevantes como trade turísticos. Este último, por exemplo, tem investido pesado no turismo social, seja em hotéis, gastronomia ou lazer.

Também compareceu ao evento: Fabricio Amaral, Presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (FORNATUR).

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp 50ª edição da ABAV Expo registra crescimento de 30% e bate recorde de pré-inscrições
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui