A 13ª edição da FLUP celebra Machado de Assis e Mãe Beata de Iemanjá no Morro do Providência

A FLUP 2023 contará com mesas de debates com Conceição Evaristo, Emicida, MV Bill e Marcelo D2, além de uma programação musical com Leci Brandão, Teresa Cristina, Bia Ferreira, Xamã e Linn da Quebrada

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

A 13ª edição da Festa Literária das Periferias, conhecida como Flup, está prestes a se tornar um evento global, com a participação de poetas dos cinco continentes que competirão no II World Poetry Slam Championship (WPSC). E além disso, a Flup contará com mesas de debates com nomes como Conceição Evaristo, Nêgo Bispo, Emicida, Leda Maria Martins, MV Bill e Marcelo D2, entre outros convidados confirmados.

A programação musical promete ser igualmente incrível, com artistas como Rita Benneditto, Leci Brandão, Teresa Cristina, Bia Ferreira, Xamã, Linn da Quebrada e a Orquestra Sinfônica Brasileira Jovem. O evento se estenderá por nove dias, de 12 a 15 e de 18 a 22 de outubro, com atividades ocorrendo na Vila Olímpica da Gamboa, Galpão da Ação da Cidadania e na Garagem Viação Regina’s, todos situados aos pés do Morro da Providência, considerada a primeira favela do mundo.

Daniele Salles, Diretora e Porta-Voz da Flup, ressalta a intenção de celebrar a poesia falada, o slam, o hip-hop e a tradição da oralidade que influenciam a literatura, a música e a cultura brasileira de diversas maneiras. “A ideia é fazer da Providência uma encruzilhada das periferias globais, um favela de poesia” disse.

O festival se insere no contexto das celebrações dos 50 anos do hip-hop em todo o mundo e dos 15 anos da chegada dos slams ao Brasil, incluindo 10 anos de participação nos palcos do festival carioca. Julio Ludemir, Diretor-Fundador da Flup, enfatiza que o rap, o hip-hop e os slams ganharam popularidade em contextos semelhantes. “A poesia política das periferias do mundo vai se encontrar na Flup” comentou.

Advertisement

O festival presta homenagem a dois importantes nomes: Machado de Assis, o escritor e fundador da Academia Brasileira de Letras, que nasceu e cresceu na Ladeira do Livramento, na Providência, e Mãe Beata de Iemanjá, escritora e sacerdotisa de uma fé “sem bíblia” responsável pelo terreiro de Candomblé Ilê Axé Omiojuarô, localizado em Miguel Couto, na Baixada Fluminense.

A programação da Flup inclui também uma série de mesas de debates sobre os 20 anos das cotas na UERJ, um dia dedicado a discussões sobre assédio e violência contra a mulher, o chamado Dia da Escuta, uma Feira de Livros e uma extensa programação infantil. E em resumo, o evento está pronto para oferecer uma programação extraordinária dedicada à palavra falada em um local de grande significado histórico e cultural, que carrega o nome “favela” com orgulho e sem necessidade de tradução para outros idiomas.

Para obter todos os detalhes da programação, basta explorar o conteúdo completo no site oficial em: flup.net.br.

A Flup 23 é apresentada pelo Ministério da Cultura, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Shell. Tem patrocínio master da Shell, patrocínio do Instituto Cultural Vale e Itaú Unibanco, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e Globo, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS. O apoio é da Fundação Ford e do Instituto Ibirapitanga. E o apoio institucional é da Secretaria Municipal de Esportes. A instituição Ação da Cidadania, a Fundação Roberto Marinho e o Canal Futura são parceiros. E a realização é do Grupo Pensar, Suave na Nave, Ministério da Cultura e do Governo Federal.

Serviço: 13ª Edição da Festa Literária das Periferias – Flup

  • Data: 12 a 22 de outubro
  • Locais: Vila Olímpica da Gamboa | Ação da Cidadania | Garagem Viação Reginas
  • Entrada Gratuita
  • Para a Programação Completa, Visite o Site: flup.net.br
  • Acompanhe a Flup nas Redes Sociais: @fluprj

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp A 13ª edição da FLUP celebra Machado de Assis e Mãe Beata de Iemanjá no Morro do Providência
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 A 13ª edição da FLUP celebra Machado de Assis e Mãe Beata de Iemanjá no Morro do Providência
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui