A febre do Ozempic na Prefeitura – Bastidores do Rio

Prefeitura do Rio vive febre do remédio Ozempic, família Maia perde mais cargos no governo de Eduardo Paes, grupo marca evento sobre turismo no Rio, mas nenhuma organização e órgão municipal prestigia

Quintino Gomes Freire - Foto: Rafa Pereira/Diário do Rio

Cidade das Artes
A esposa de Felipe Santa Cruz, Dani Santa Cruz, está cotada para assumir a presidência da Cidade das Artes.

Cidade das Artes II
Essa é mais uma perda para a família Maia, que hoje tem Claudio Versiani ocupando a vaga.

Perderam também
Eles também vão perder a Subprefeitura da Tijuca, hoje com Wagner Coe.

Madrid
Em seu lugar deve ir um nome indicado pelo próprio Eduardo Paes, o Felipinho, dono do Bar Madrid, o preferido do prefeito.

Sem Rio
Um grupo de WhatsApp com alguns empresários e políticos vai fazer um almoço para discutir o turismo do Rio, mas nenhuma associação carioca do trade ou órgão local vai participar.

Sem Rio II
Não é falta de vontade política dos órgãos ou da Prefeitura, é falta de prestígio do líder do grupo. E, bem, sabe que de onde menos se espera, é que não sai nada mesmo.

Esportes
Guilherme Schleder voltou a ser secretário de esportes. Eleito deputado estadual, e muito bem.

Esportes II
A secretaria é disputada a tapa por políticos, são vários cargos e uma capilaridade gigante. Sinal de prestígio de Schleder e seu amigo Pedro Paulo.

Ozempic
A Prefeitura do Rio vive uma verdadeira febre de Ozempic, um remédio para diabete que vem sendo usado em dietas. É que ele dá sensação de saciedade e ajuda no processo.

Ozempic II
Afinal, campanha engorda, e conviver com espécimes masculinos como Marcelo Calero, Brenno Carnevale e o marido de Tati Enfante, Pedro Paulo, acaba sendo uma competição injusta para os outros mortais. O jeito é partir para a química mesmo.

Ozempic III
Entretanto, como todo remédio, o Ozempic tem seus riscos e deve ter acompanhamento médico, preferencialmente de um endocrinologista. Eu mesmo uso, e já estou parando, graças ao Doutor Pedro Assed, que me ajudou a perder quase 20 kilos em 5 meses, mas com dieta e academia, pois o remédio não é milagroso.

Seminário Pirólise, Energia e Sustentabilidade
O Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais (IVIG), da COPPE/UFRJ, em parceria com a FAPERJ (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro), promoverá no dia 1º de dezembro de 2022 (5ª feira), das 9 às 15h, o Seminário Pirólise, Energia e Sustentabilidade.

Seminário Pirólise, Energia e Sustentabilidade II
O evento é gratuito e reunirá especialistas brasileiros e internacionais. O Seminário acontecerá no Auditório da Decania (Centro de Tecnologia Bloco A – 2º andar – Cidade Universitária – Rio de Janeiro) e terá transmissão pela plataforma Google Meet.

Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. turismo no Rio e no Brasil ainda nao é uma realidade…. nos países estao entre 15 a 20 milhoes por ano aqui no Rio e Brasil apenas 6.5 milhoes… vergonhoso

  2. O SUS não serve pra ficar distribuindo remédio em “febres”.
    Se ele é pra diabetes, não é pra dietas. O SUS não aguenta nem cobrir as despesas normais, imagina quando pessoal quer só facilitar emagrecimento.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui