A Hipocrisia das Eleições e os Erros de Marcelo Freixo – Papo com Quintino

Faltando apenas um domingo para as eleições 2022 no Rio de Janeiro é interessante ver como a hipocrisia é parte inerente da política carioca

Faltando apenas um domingo para as eleições 2022 no Rio de Janeiro é interessante ver como a hipocrisia é parte inerente da política carioca. As acusações de que tal aliado foi preso só vale para o adversário, enquanto os seus tem de esperar o julgamento, afinal, só assim ele pode ser culpado. Além disso, gente que sempre foi criticada passa a ser defendida, o que mostra que os ataques sempre foram de ocasião.

Enquanto isso agora que a campanha de Marcelo Freixo começa a parar de ficar colado em Lula e comparar Cláudio Castro ao ex-governador Sérgio Cabral, um erro que pode custar caro. Faltando poucos dias para a eleição pode ser tarde demais para essa mudança de rumo.

E as pesquisas divergem demais entre si, mostrando que assim como o gato de Schrödinger, elas estão erradas e certas ao mesmo tempo e que só saberemos a verdade quando abrirmos as urnas.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui