A Misteriosa e Encantadora História de Lapinha: A Gata que Escolheu a Igreja dos Mercadores como Lar

Lapinha, como foi carinhosamente batizada pelos fiéis, nasceu há cerca de 10 anos. A pelagem e sua atitude independente logo conquistaram o coração dos moradores e de todos que visitam a igreja.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

No coração do centro do Rio de Janeiro, na histórica região da Praça XV, uma igreja centenária se tornou o lar de uma habitante muito especial. Lapinha, uma gata preta adotada pelos moradores locais, não apenas escolheu a Igreja de Nossa Senhora da Lapa dos Mercadores como seu refúgio, mas também veio ao mundo dentro do PC de luz do local. Sua história cativante vem intrigando e encantando a comunidade da região.

Lapinha, como foi carinhosamente batizada pelos fiéis, nasceu há cerca de 10 anos. A pelagem e sua atitude independente logo conquistaram o coração dos moradores e de todos que visitam a igreja. Paparicada, ela recebe comida e água diariamente em troca de alguns miados e a permissão para acariciar seu pelo, sempre sedoso e bem cuidado.

Lapinha se tornou um símbolo da harmonia entre a vida urbana e a natureza. Sua presença pacífica na igreja proporciona um toque de serenidade em meio à agitação da cidade. Ela é frequentemente vista observando os pássaros nos arredores. Considerada uma influencer da região, ela desfruta das atenções dos moradores e turistas que param para fotografá-la.

Além de ser uma mascote da igreja, Lapinha desempenha um papel vital como caçadora de ratos na região. Seu instinto afiado a transformou em uma guardiã eficiente, mantendo o entorno da igreja livre desses indesejados visitantes. Sua habilidade como caçadora a tornou ainda mais querida entre os moradores locais.

Advertisement

Alguns fiéis acreditam na possibilidade de que Lapinha tenha um interesse espiritual especial pela igreja. Afinal, os gatos têm sido associados a figuras místicas e esotéricas ao longo da história. Para o segurança da igreja, a gatinha tem instinto quase mediúnico. De acordo com ele, foi Lapinha quem alertou sobre a iminente queda do Casarão no Arco do Teles após um temporal que atingiu o Rio em outubro de 2023. “Ela não parava de miar quando o prédio começou a estalar”, informou na época, ressaltando a conexão especial entre a gata e o ambiente ao seu redor.

Localizada na Rua do Ouvidor, 35, no Arco dos Teles, a igreja, erguida no século XVIII, é um marco histórico e atrai visitantes de todo o mundo. Lapinha, acomodada no hall da igreja, recebe calorosamente aqueles que chegam, reafirmando sua posição como guardiã e promoter do local.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp A Misteriosa e Encantadora História de Lapinha: A Gata que Escolheu a Igreja dos Mercadores como Lar
Renata Granchi
Renata Granchi é jornalista e publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV, TV Escola e Jornal do Brasil. Escreveu dois livros didáticos e atualmente é diretora do Diário do Rio. Em paralelo, presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui