A crise de qualidade da água no Rio de Janeiro se aprofunda e vai além do insucesso da CEDAE para remover a geosmina. O tratamento usado pela empresa para supostamente combater a poluição do Rio Guandu não funcionou e ainda lançou um novo poluente — o Lantânio, um metal tóxico pesado — na água consumida por nove milhões de pessoas do Grande Rio, alertam cientistas.

O DIÁRIO DO RIO tem recebido reclamações, fotografias e vídeos comprovando que a água se encontra com cor esquisita em diversos bairros da cidade. Uma moradora da Barra da Tijuca nos encaminhou fotografias da água com cor barrenta, e inúmeros leitores têm enviado mensagens falando sobre o odor e o sabor da água, em bairros tão diversos quanto Copacabana, Vista Alegre e Gávea. Mas a situação agora piorou.

Segundo dados da própria CEDAE, 190 toneladas de Phoslock, uma espécie de argila modificada que contém o lantânio, foram lançadas na lagoa do Guandu desde janeiro do ano passado, quando ocorreu a primeira crise da geosmina. Ao todo, foram 6 aplicações. A mais recente ocorreu no dia 23/03, quando 28 toneladas do produto foram pulverizadas por uma embarcação no corpo d’água.

O lantânio, segundo especialistas consultados pela reportagem, é um metal extremamente tóxico e altamente poluente. Estudos internacionais relacionam este produto a graves alterações no fígado, malformações congênitas nos lábios e no palato e até mesmo danos à fertilidade e ao sistema reprodutor. Cientistas têm alertado para a gravidade desta crise no trabalho intitulado Colapso da qualidade do Rio Guandu, subscrito por alguns dos principais cientistas das maiores universidades do Rio.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Babi Wentz
carioca, estudante de Letras na UFRJ. Nascida numa segunda-feira de carnaval, se apaixonou muito cedo pela arte das Escolas de Samba. Moradora da Taquara, é Zona Oeste desde os onze anos; não dispensa um passeio pelo Centro, uma ida ao Parque de Madureira, uma volta pela Cidade das Artes ou qualquer outro evento que consiga ir. Gosta de teatro e música, às vezes se arrisca nessas áreas. Também é pseudônimo de Bárbara de Carvalho.

13 COMENTÁRIOS

  1. Já estava até acostumado com a GEOSMINA! Aquele gostinho de terra que nos remetia à memória afetiva dos filtros de barro de nossas avós! Mas agora com esse tal de LATÂNIO (metal tóxico pesado erradamente usado nas operações da elevatória), as dores de barriga estão fortes, diarréias constantes e o mal estar eminente.
    Tá osso viu! Eu sou super a favor da privatização da CEDAE! Assim mudará o pensamento deles, de estarem fazendo “FAVOR” à população em prestar “serviços pagos”, e de péssima qualidade desde sempre!

    • Não falem besteira sem antes se informar… eu sou químico formado…mas mesmo que eu não fosse eu faria uma leve pesquisa no Google e perceberia que lantânio nem é METAL PESADO. Então pesquisem antes de acreditar em 100% de tudo que é dito. O site do CRQ (Conselho Regional de Química) postou inclusive a respeito disso…

      E saibam que a privatização da CEDAE não vai mudar em nada a água que é captada para abastecer nossa cidade…. além disso, a privatização da CEDAE será tão eficiente quanto privatizar todos os hospitais e escolas públicas… Vai continuar um serviço de baixa qualidade, porém enriquecendo quem já é rico, ao invés de prover serviço de qualidade para a população.

  2. Tem 3 anos que compro água mineral e minhas dores de barriga e diarréia sumiram! Governos corruptos tudo que colocam a mão destroem! Água de péssima qualidade e o valor da conta é um roubo! Tarifa mínima é proibido!

  3. Assim o povo cai na conversa de privatizar a água, reserva estratégica que jamais deveria ser privatizada. E vamos remando para o precipício.

  4. Esse é uma caixa preta, cabide de emprego. Tem q privatizar. E o governo tem que fazer preservar as matas ciliares e prevenir despejo de esgoto no rio guandu.

  5. Mas a CEDAE dá lucro, qual o problema de beber um pouco de metal e geosmina? Gente fresca!
    Esse campanha de privatizar é conversa para demitir minha vó funcionária de carreira que só aparece pra trabalhar em ano bissexto.

  6. PRIVATIZAÇÃO URGENTE DESSA BOSTA!!!
    Não tem um químico decente não?Só mamador de teta,formado na era da pátria educadora,semianalfabetos?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui