Acesso da Avenida Brasil para a Avenida Francisco Bicalho terá interdições para obras do Terminal Gentileza

Os detalhes das mudanças no trânsito e dos desvios de linhas de ônibus foram anunciados nesta quarta-feira

Foto: Arquivo/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio informou que inicia, às 22h desta sexta-feira (16/09), as interdições no acesso da Avenida Brasil para a Avenida Francisco Bicalho para viabilizar as obras do Terminal Intermodal Gentileza (TIG). Os detalhes das mudanças no trânsito e dos desvios de linhas de ônibus foram anunciados pela Secretaria Municipal de Transportes, CET-Rio e Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos (CCPar).

Principais mudanças de tráfego

A principal rota de desvio para acessar a Avenida Francisco Bicalho é utilizar o Viaduto do Gasômetro. Os veículos com destino à Avenida Francisco Bicalho também poderão ir pela rota alternativa pela Rua Santos Lima, Rua Benedito Otoni, Rua São Cristóvão e Avenida Pedro II.

Os veículos da região do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) deverão seguir, obrigatoriamente, para a Avenida Rodrigues Alves ou para a Via B4. Os veículos que desejarem seguir para a Zona Norte, a partir do Into, deverão utilizar a rota pela Via B4, acessar a Via Binário – sentido Rodoviária, Rua General Luís Mendes de Moraes e Rua Francisco Eugênio. Para a Zona Sul podem ser utilizados o Túnel Marcello Alencar, por meio da Avenida Rodrigues Alves, ou o Túnel Santa Bárbara, por meio da rota pela Via B4, Via Binário, Avenida Professor Pereira Reis, Largo do Santo Cristo e Elevado 31 de Março.

Para melhorar as condições de fluidez, a rota alternativa sofreu diversos ajustes na geometria, na sinalização vertical (placas) e horizontal (pintura), além da instalação de novos semáforos. A Avenida Francisco Bicalho, em conjunto com a Avenida Brasil, formam um dos principais eixos de acesso à cidade do Rio. Após a conclusão das obras do TIG, prevista para o fim de 2023, a pista lateral da Avenida Brasil será recomposta e os motoristas poderão acessar a Avenida Francisco Bicalho normalmente.

As interdições contarão com a participação de operadores de tráfego, entre agentes da CET-Rio e apoiadores, que trabalharão para manter a fluidez, orientar os motoristas e efetuar os bloqueios durante a intervenção. Além disso, sinalização está sendo implantada para informar e orientar motoristas e demais usuários das vias sobre as alterações, por meio de placas, faixas, banners, panfletos e painéis de mensagens variáveis. A programação dos semáforos da região está sendo revisada e será ajustada para as novas condições de circulação no entorno imediato da obra e nas rotas alternativas.

Acesso à pista lateral da Avenida Francisco Bicalho será por vias internas de São Cristóvão

Seguem as alterações de itinerário das linhas de ônibus municipais:

– Linhas que seguem o itinerário pela Rua Santos Lima:

As Linhas 472 e 473 seguirão pela Rua Figueira de Melo, Rua São Cristóvão, farão o retorno na Avenida Pedro II e seguirão pela Avenida Pedro II até a Avenida Francisco Bicalho.

A Linha 485 seguirá pelo Elevado Professor Engenheiro Rufino de Almeida Pizarro, Rua Francisco Eugênio até chegar à Avenida Francisco Bicalho.

– Linha que segue o itinerário até a Rua Almirante Mariath:

A Linha 265 deverá seguir pela Rua General Luís Mendes de Morais, Elevado Rufino de Almeida Pizarro, Rua Francisco Eugênio e Rua Figueira de Melo.

– Linhas que seguem o itinerário pela Avenida Brasil:

As Linhas 210, 292, 300, 315, 324, 326, 328, 329, 335, 338, 342, 343, SP343, 348, 349, 362, 369, 378, 379, 380, 384, 385, 386, 388, 389, 393, SV394, 395, 397, 399, 484, 486, 497, 498, 2303, 2305, 2307, 2308, 2309, 2310, 2336, 2339, 2381 e 2383 deverão seguir pela Avenida Brasil, Rua Santos Lima, Benedito Otoni, Rua São Cristóvão. Farão o retorno na Avenida Pedro II e seguirão pela Avenida Pedro II até a Avenida Francisco Bicalho.

– As empresas já estão cientes, tanto das linhas municipais quanto das intermunicipais. Nos pontos de ônibus originais haverá placas que informarão para onde o usuário tem que se dirigir para pegar as suas linhas. Também teremos fiscais da secretaria, nos primeiros dias, para orientar a população. Haverá ainda panfletagem da CET-Rio com orientações aos motoristas – explicou a secretária de Transportes, Maína Celidonio.

Pontos de ônibus

O ponto de ônibus localizado na Avenida Francisco Bicalho, sentido Centro, próximo à Avenida Brasil, será desativado. O ponto de ônibus mais próximo para embarcar nas linhas de ônibus que seguem para a Avenida Francisco Bicalho fica na Avenida Pedro II, em frente ao Depósito Público, perto da Avenida Francisco Bicalho. (Obs.: Haverá uma placa informativa no 1º ponto da Avenida Francisco Bicalho, sentido Centro, antes da Avenida Pedro II).

Os passageiros que embarcavam na Rua Santos Lima, em frente ao nº 3, para pegar as linhas 472 e 473, deverão se dirigir à Rua Figueira de Melo, em frente ao nº 425. (Obs.: Haverá uma placa informativa no ponto da Rua Santos Lima, nº 3, próximo à esquina com a Avenida Brasil).

Os passageiros não perderão pontos de ônibus na Avenida Brasil, entre a Rua Santos Lima e a Av. Francisco Bicalho, já que não existiam paradas nesse trecho devido às obras da Transbrasil.

Um ponto de ônibus intermunicipal será criado na Avenida Francisco Bicalho, pista central, sentido Avenida Presidente Vargas, para que os ônibus provenientes do Viaduto do Gasômetro possam embarcar e desembarcar passageiros para atender, principalmente, os passageiros com destino à Rodoviária.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui