Águas do Rio assina com BNDES maior financiamento do Brasil para saneamento

Banco disponibilizará até R$ 19,3 bilhões para a realização de obras que levarão a concessão a bater as metas do novo Marco Legal do Saneamento

magem/Divulgação Águas do Rio: Alexandre Bianchini (Presidente da Águas do Rio), Gustavo Montezano (presidente BNDES), Radamés Casseb (CEO Aegea) e Solange Vieira (diretora de Crédito à Infraestrutura)

O mais relevante projeto de saneamento do Brasil deu mais um importante passo com a assinatura do contrato de financiamento com o BNDES, nesta sexta-feira (16/12). A Águas do Rio, empresa do grupo Aegea que atende mais de 10 milhões de pessoas em 27 cidades do Rio de Janeiro, terá linhas de crédito de até R$ 19,3 bilhões para fazer os investimentos necessários para atingir as metas de universalização impostas pelo Marco Legal do Saneamento e pelo contrato de concessão. O documento foi assinado pelos presidentes da Águas do Rio, Alexandre Bianchini, e do BNDES, Gustavo Montezano, na sede do banco, no centro do Rio de Janeiro.

A Águas do Rio pretende contar ainda com outras fontes de financiamento, que estão em fase de contratação. No momento, a empresa está em negociações com agências multilaterais, atendendo ao desejo do mercado internacional de financiar projetos com propósitos alinhados com as melhores práticas globais de ESG. 

“Após completar 1 ano de concessão, encerramos 2022 celebrando este contrato de financiamento, que garante a implementação do nosso projeto de transformação social através do saneamento. Nele está levar água para os mais vulneráveis e coletar e tratar o esgoto nas 27 cidades que fazem parte da nossa concessão, além de produzir impactos ambientais positivos, com os já percebidos na Lagoa Rodrigo de Freitas, com águas límpidas e o retorno de animais que há anos não frequentavam aquele ecossistema. E temos certeza de que isto se repetirá na Baía da Guanabara”, afirmou Alexandre Bianchini, para, em seguida, destacar a importância do BNDES em todo este processo. “O banco esteve presente desde a fase de estudos para a formatação da concessão até agora, no momento de estruturação de crédito para viabilizar esta transformação”.

Ao todo, estima-se que a empresa investirá diretamente cerca de R$ 40 bilhões no estado do Rio de Janeiro para a universalização dos serviços de água e esgoto, a ser alcançada nos primeiros doze anos.

O CFO da Aegea, André Pires, complementou: “A contratação deste financiamento está alinhada à nossa estratégia de gestão da estrutura de capital, com foco na disciplina financeira e no alongamento do prazo médio da dívida. Reforçamos o posicionamento da Aegea como plataforma de investimentos e atração de capital, contribuindo para a universalização do saneamento no Brasil”

O presidente do BNDES classificou como histórica a assinatura do contrato. “É histórico para o Rio de Janeiro, para o meio ambiente e, principalmente, para a população que mais precisa de obras de saneamento básico. Além disso, estamos falando de um projeto que trouxe dinheiro para o Estado, está gerando muitos empregos e movimentando a economia fluminense”, afirmou Montezano.

Primeiro ano de operações no Rio em números


Em seu primeiro ano de atuação, a Águas do Rio impactou a vida de milhões de fluminenses. Foram 8 mil contratações, sendo 4,5 mil moradores de comunidades. A empresa levou água encanada de qualidade, pela primeira vez, para 250 mil pessoas, e ampliou o alcance da tarifa social para mais 90 mil famílias, chegando ao número de 340 mil beneficiadas. Foram realizadas diversas obras de alto impacto. Trocas de equipamentos, fim de vazamentos históricos, desentupimentos e a instalação de 160 km de novas redes, por exemplo, que beneficiaram 3,3 milhões de pessoas com melhorias no fornecimento de água e 1,7 milhões com avanços na coleta e tratamento de esgoto.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Águas do Rio que se cuide, vem Mercadante no BNDES e vem Boulos nas Cidades. Gente assim ODEIA empresas privadas. Vai criar vários empecilhos para trabalhar.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui