Foto: Reprodução

A Comissão Especial de Enfrentamento à Miséria da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) está mapeando as condições precárias relatadas por favela do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio. Entre os problemas relatados estão a falta de saneamento básico, moradias precárias, desemprego e fome. 

Após recebimento das denúncias, as mesmas foram encaminhadas aos órgãos das administrações públicas do Rio com pedidos de soluções. A Comissão presidida pela deputada estadual Renata Souza (Psol) fez uma visita ao Jacarezinho nesta segunda-feira (17/05) para averiguar os problemas.

“A pandemia agrava problemas pré-existentes. Os moradores ainda estão expostos à alta incidência de tuberculose e infestação de ratos. As palavras “abandono”, “invisíveis” e “esquecidos” se repetem nas falas de moradores e profissionais que atuam no local”, destacou Renata Souza.

Durante a vistoria, foram realizadas visitas a equipamentos públicos fechados, residências, organizações da sociedade civil de apoio psicossocial e com atuação na área de educação da região.

Além da presidente da Comissão, também estiveram no mapeamento os deputados Waldeck Carneiro (PT) e Zeidan (PT), acompanhados pela associação de moradores, integrantes do Núcleo Independente Comunitário de Aprendizagem (Nica), representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Ouvidoria da Defensoria Pública.

A Comissão Especial de Enfrentamento à Miséria da Alerj já realizou visita técnica em comunidades de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, ao conjunto da Maré, na Zona Norte da capital fluminense, e em Teresópolis, na Região Serrana.

Costa do mar, do Rio, Carioca, da Zona Sul à Oeste, litorânea e pisciana. Como peixe nos meandros da cidade, circulante, aspirante à justiça - advogada, engajada, jornalista aspirante. Do tantã das avenidas, dos blocos de carnaval à força de transformação da política acreditando na informação como salvaguarda de um novo tempo: sonhadora ansiosa por fazer-valer!

1 COMENTÁRIO

  1. A Alerj está mapeando o óbvio…
    Foram eles mesmos que fizeram as leis que tornaram indignos os cidadãos que não foram assistidos pelo Estado indolente, perdulário e corrupto…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui