Almanaque da Carioquice 2024 entra no ar, nesta quinta-feira

Publicação apresenta atrações turísticas do Rio por meio de ângulos não convencionais. Trabalho pode ser visto no site ou nas redes sociais do Almanaque

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Praia da Barra (Foto Istock)

Chega ao mercado a sétima edição do Almanaque Carioquice 2024, que apresenta atrações turísticas do Rio de Janeiro que muita gente desconhece. A publicação, que é resultado de uma parceria entre o Instituto Cultural Cravo Albin (ICCA) e a Insight Comunicação, tem como objetivo mostrar ao próprio carioca e aos visitantes que a Cidade Maravilhosa esconde uma paisagem idiossincrática, resultante da união entre belezas naturais e diversidade cultural.

O presidente do ICCA, Ricardo Cravo Albin, que celebra os 20 anos da marca Carioquice, afirma que o Almanaque visa exaltar não apenas as belezas naturais da cidade, mas também o jeito de ser carioca – alegre, descontraído e expansivo em seu gestual.

“O espírito carioca é o irrefreável sentimento de descontração, de largueza de gestos, do celebrar-se a cidade que penetra lá no fundo da alma de quem é invadido por sua beleza, elegância e originalidade. E nunca aquele estado sombrio que pode nos acabrunhar pelas ondas (que aparecem e desaparecem) de possíveis violências, impunidades, desencontros”, afirma Cravo Albin.

O Almanaque Carioquice apresenta as atrações do Rio, de forma temática e sob novos ângulos. Praias, praças, parques, boates, roda de samba, polos gastronômicos, feirinhas, mercadões e atividades esportivas ao ar livre desfilam nas páginas da publicação em seus aspectos poucos comuns ou exaltados, fazendo com que o público seja levado a descobrir lugares e histórias surpreendentes sobre a Cidade Maravilhosa.

Advertisement

Em 2022, o Almanaque falou sobre um Rio de Janeiro que superou todas as dificuldades geradas pela pandemia. A edição do ano passado, por sua vez, deu ênfase aos lugares inovadores da cidade. Em 2024, os organizadores da publicação visitam lugares que atraem multidões manifestadas em tribos descoladas ou grupos de interesse comum, sempre destacando o que não é perceptível ao olhar descuidado de quem já familiarizado com a paisagem. O Aterro do Flamengo é um desses casos. O local, que é considerado o nosso Central Park, se transforma no epicentro de inovação, ecletismo musical, cultural e populacional durante o Carnaval.

O subúrbio carioca não poderia jamais ser deixado de lado, assim como um dos seus principais equipamentos: o Piscinão de Ramos. Ótima opção para se refrescar no verão, o local conta com quadras de areia e poliesportivas, campo de grama sintética, aparelhos de ginástica, espaço multiuso, parquinhos infantis, áreas de convivência, além de pista de skate.

Na Zona Sul, uma das atrações é o bairro das Laranjeiras, no trecho que compreende ruas São Salvador, Esteves Júnior e Senador Corrêa: a Praça São Salvador, onde são realizados eventos e festas para todos os públicos, independente de idade, de manhã à noite.  

Largo da Prainha, Baixo Gávea, Baixo Tijuca (Praça Varnhagen) e “Botasoho” – a confluência entre as ruas Álvaro Ramos e Arnaldo Quintela, também são destaques nas andanças pela cidade. Os “mercadões”, como a Cobal do Humaitá, Cadeg, Uptown e Saara, são locais de reuniões familiares e de turistas ávidos por novidades gastronômicas, segundo o Almanaque, que cita ainda o Ballet Manguinhos, em Higienópolis, na Zona Norte, além do Baile Charme do Viaduto de Madureira.

Símbolo do esporte internacional, o Almanaque da Carioquice não esquece o estádio do Maracanã, que é apresentado nas suas atrações pré-jogo, com torcedores tomando cerveja e cantando hinos de clubes nos bares espalhados nas proximidades do estádio.

Conhecida como a nossa pequena Veneza, a Ilha da Gigoia, é uma ótima opção para fazer um passeio de barco na Lagoa da Tijuca e saborear as delícias da diversificada soberania local, de acordo com a publicação.

Criado pela Insight, o Almanaque da Carioquice quer mostrar a cariocas e visitantes que o Rio de Janeiro tem muito mais a oferecer do que as atrações cristalizadas nos cartões postais. Para quem quiser tomar contato com o conteúdo da publicação pode acessar as redes sociais, que contam com atualizações diárias.

O perfil @almanaquecarioquice pode ser acompanhado no Instagram, Facebook e TikTok – redes sociais que contam com a participação de mais de 2 milhões de usuários por mês. A edição deste ano poderá ser acessada, a partir desta quinta-feira (25), através do site, e das redes sociais do Almanaque Carioquice.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Almanaque da Carioquice 2024 entra no ar, nesta quinta-feira
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Almanaque da Carioquice 2024 entra no ar, nesta quinta-feira
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui