Aluna explode bomba caseira dentro de escola em São Gonçalo

A menina, que não teve o nome identificado, havia antecipado que faria o ataque algum dia; outros alunos do Colégio Elite de Ensino, que estavam no local, ficaram com problemas de audição

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução/ Google Maps

Nesta semana uma aluna, do nono ano, explodiu uma bomba caseira dentro de uma sala de aula no Colégio Elite de Ensino, em São Gonçalo. Testemunhas relataram a jovem, que não foi identificada, tinha problemas com uma outra aluna e avisou que um dia soltaria uma bomba no local.

Com o impacto do artefato, alguns alunos ficaram com problemas de audição.

Maria Goretti, mãe de um aluno, revelou, a Rádio Tupi, que o filho teve perda de audição e está muito chocado. “O meu filho tá muito abalado, nem quer voltar pra escola, ele realizou exames e perdeu um pouco da audição” disse a mãe e completou que apesar o problema auditivo, ele está se recuperando fisicamente.

A Polícia Civil levou uma intimação ao colégio e está investigando o caso. Em nota, a escola informou que realizou uma reunião com todos os responsáveis e reforçou as medidas de segurança desde o ocorrido.

Advertisement

Leia também

Águas do Rio alega não saber sobre situação da Cedae mas presidente foi diretor da empresa – Bastidores do Rio

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Aluna explode bomba caseira dentro de escola em São Gonçalo

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui