Aluna explode bomba caseira dentro de escola em São Gonçalo

A menina, que não teve o nome identificado, havia antecipado que faria o ataque algum dia; outros alunos do Colégio Elite de Ensino, que estavam no local, ficaram com problemas de audição

Foto: Reprodução/ Google Maps

Nesta semana uma aluna, do nono ano, explodiu uma bomba caseira dentro de uma sala de aula no Colégio Elite de Ensino, em São Gonçalo. Testemunhas relataram a jovem, que não foi identificada, tinha problemas com uma outra aluna e avisou que um dia soltaria uma bomba no local.

Com o impacto do artefato, alguns alunos ficaram com problemas de audição.

Maria Goretti, mãe de um aluno, revelou, a Rádio Tupi, que o filho teve perda de audição e está muito chocado. “O meu filho tá muito abalado, nem quer voltar pra escola, ele realizou exames e perdeu um pouco da audição” disse a mãe e completou que apesar o problema auditivo, ele está se recuperando fisicamente.

A Polícia Civil levou uma intimação ao colégio e está investigando o caso. Em nota, a escola informou que realizou uma reunião com todos os responsáveis e reforçou as medidas de segurança desde o ocorrido.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui