‘América Negra’ é um combate ao racismo em forma de arte

Wanderson Lemos é cantor, compositor e instrumentista carioca, com 6 trabalhos já lançados, além de muitos singles em sua discografia e carreira internacional

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

No show, rico em ritmos e influências afrobrasileiras, Wanderson Lemos – cantor, compositor e instrumentista, mostra novas sonoridades com sua voz potente, marcante e seus violões exclusivos.

O repertório se debruça na valorização negra e contempla as músicas Carolina Maria de Jesus, Conceição Evaristo, Luiz Gama e América Negra – que dá nome ao projeto em homenagens aos ícones da nossa cultura e história, dentre outras, que abordam a valorização da nossa diversidade em suas temáticas, ritmo e letras, como Manauara, Dia de Reis, Pássaro Preto e Esse Chão é do Povo Tupi.

Preto, pobre e filho de Maria que se salvou pela arte, como diz, Wanderson Lemos apresenta #AméricaNegra em um show potente, emocionante e envolvente. O artista emprega nesta apresentação as suas habilidades musicais evidenciando o valor de personalidades negras na nossa história e seus legados.

Com toda sua maneira de transbordar sentimentos e abordar questões sociais na linguagem universal da música, o show é um convite para refletir sobre as conexões com a nossa herança cultural e o movimento de construir um futuro com base nessa riqueza ancestral.

Advertisement

Leia também

Estrangeiros LGBTQIA+ estão comprando todos novos imóveis de Ipanema – Bastidores do Rio

TransBrasil inicia operações neste sábado, da Penha ao Terminal Gentileza

“América Negra faz eu me sentir em realização pela valorização do protagonismo negre da nossa história e contra o racismo na sociedade. O show é a energia desse trabalho, uma imersão à rítmica, temática e estética e outras vibrações que descendem dessa nossa herança” – Wanderson Lemos.

Wanderson Lemos é cantor, compositor e instrumentista carioca, com 6 trabalhos já lançados, além de muitos singles em sua discografia e carreira internacional. Lançou sua própria linha de instrumentos criados por ele e, atualmente, além de dar continuidade ao projeto América Negra, desenvolve seu próximo disco “Raíz de Baobá” que já conta com diversas participações especiais.

América Negra é um projeto de vídeo-álbum que vem sendo lançado aos poucos, cada música com sua produção audiovisual, que nasceu para dar mais visibilidade para nomes importantes da nossa história e colaborar na valorização e ressignificação do papel de negres na nossa sociedade. Já foram lançados 4 clipes. O primeiro clipe, América Negra, deu nome ao projeto. O segundo foi em homenagem a Luiz Gama, gravado em Paris/França. Já o terceiro inspirado na vida de Carolina Maria de Jesus, com roteiro de Luiza Soares, foi selecionado em 3 mostras internacionais. O quarto clipe sobre Conceição Evaristo, é um curta com direção e roteiro de Wanderson Lemos e participação especial do artista junto ao elenco Jaqueline Calazans, Victor Meirelles e a estreante mirim, Laynara Teixeira, de apenas 9 anos. Todes atores negres.

“Realizar este trabalho é um sonho. Poder falar sobre essas pessoas é muito importante para mim e também como contribuição para que crianças e jovens não cresçam sem referências como foi comigo e toda a minha geração” – ressalta o artista.

SERVIÇO:
O que: Show América Negra
Quem: Wanderson Lemos
Quando: 11 de novembro às 19h

Quanto: R$ 30,00 (inteira) / R$ 15,00 (meia) – ingressos antecipados no local

Onde: Centro da Música Carioca – Rua Conde Bonfim, 824 – Tijuca (RJ).

A discografia completa do artista pode ser acessada no site oficial do artista www.wandersonlemos.com e também no canal oficial do youtube @WandersonLemosOficial .

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp 'América Negra' é um combate ao racismo em forma de arte

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui