Andréa Nakane: Entretenimento Infanto-Juvenil com Qualidade e Afeto

Colunista do DIÁRIO DO RIO fala sobre Mário Soares Freire, ou simplesmente o Tio Mário, que com seu personagem diverte e ensina ao mesmo tempo

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Mário Soares Freire, ou simplesmente o Tio Mário, 62 anos, natural de São Luís do Maranhão, mudou-se bem pequeno para o Rio e, atualmente, é morador do Humaitá, tem feito bastante sucesso com seu personagem que diverte e ensina ao mesmo tempo, tornando-se figura bem quista tanto para o público infanto-juvenil, quanto seus responsáveis.

Formado em engenharia eletrônica, atuou com tecnologia de informação e comunicação como analista de sistemas e suporte técnico, fato que acabou adormecendo sua veia artística, presente desde a adolescência, quando participou de bandas de rock quando tocava bateria, depois, guitarra e depois piano, além de dar asas ao trabalho de compositor, escrevendo canções com fortes influências dos Beatles, Led Zeppelin, Pink Floyd, entre outras, além da própria boa MPB.

“Quando eu tinha 50 anos, nasceu meu segundo filho, Augusto do meu segundo casamento. Há uma diferença de 24 anos desde o nascimento do meu primogênito Leonardo. Esta diferença aparece no tempo que passei a ter para cuidar da cria com um olhar mais maduro.  Então, me peguei cantarolando canções que inventava na hora. Os temas eram sobre o cotidiano de uma criança. Quando eu ia passear com o bebê, eu perguntava pra ele: quem é que vai passear agora?  Uma coisa de amor, uma gratidão por estar diante daquele serzinho novo. Era tudo uma brincadeira continuada, é como se eu falasse com ele através da música como se a vida fosse um musical contínuo. Era uma diversão criativa. Assim, eu fui compondo as canções.” conta Tio Mário.

E quando seu caçula completou 12 anos, Tio Mário resolveu gravar suas canções, ao lado do maestro Zé Américo, seu antigo conhecido, e assim surgia o personagem que era como um amigo mais velho da garotada, usando a música, como canal de aproximação, buscando unir ludicidade e ensinamentos de forma naturalmente envolvente e alegre.

Advertisement

No Dia da Criança de 2022, Tio Mário  lançou o álbum “Um Dia de Criança” que contém 12 músicas representando as 12 horas do dia de uma criança. Começa com “Amanheceu” e vai passando pelas atividades do dia, como passeios, brincadeiras, hora do banho, almoço, fazer cocô, cantar, dançar até a hora de dormir.

Disponível em todas as plataformas digitais como Spotify, Deezer, iTunes, etc., o trabalho de Tio Mário ganhou clipes musicais que complementam o trabalho de aúdio, contando com um canal do YouTube que rapidamente alcançou mais de um milhão de visualizações. https://www.youtube.com/channel/UCiK8Ts_io_82y1S9h4kMFoA

Tamanha repercussão já está preenchendo a agenda do Tio Mário com shows muito concorridos, nos quais o lazer e a empolgação contagiam toda a família. O primeiro show foi no próprio Dia da Criança no ano passado, no Teatro de Marionetes Carlos Werneck, no Aterro do Flamengo e outros acabaram também acontecendo no mesmo espaço, quase como uma programação fixa. O próximo espetáculo, inclusive já tem data para acontecer, dia 30 de abril, no mesmo local, já contando, inclusive com o apoio da Prefeitura do Rio.

Segundo Tio Mário, os pais estão curtindo muito seu trabalho, tecendo elogios e dando depoimentos que os filhos tem muita sinergia com ele, ficam encantados com as músicas e cantarolam os refrões das mesmas diversas vezes durante todo o dia.

Tio Mário tem total consciência, que a garotada de hoje é muito diferente das de outras gerações e que há um grande desafio de transformar toda a revolução tecnológica, como uma aliada na educação e bem-estar dos marcos da infância e sente-se envaidecido, com a oportunidade que está tendo de ser um integrante próximo ao círculo familiar, que colabora para unir tais vivências com sua arte, que leva entretenimento saudável, repleto de valores e orientações do bem.

“Quando eu era criança, as brincadeiras eram:  bola de gude, futebol na rua ou na praia, piques diversos, carrinhos miniaturas, enfim, brincadeiras ao ar livre e que eram inventadas e adaptadas. A tecnologia tem transformado a sociedade de forma cada vez mais integral. Questões de segurança, também, implicam em novas formas de brincadeiras e aprendizado. Crianças com aparelhos celulares é uma realidade preocupante. Entendo que deveria haver algum limite de tempo para uso diário conforme a idade da criança. O uso sem controle de tais tecnologias pode causar o contato precoce com uma realidade adulta. A criança necessita de espaço de criação para o seu desenvolvimento saudável. A atenção dos pais ou responsáveis aos pequenos é fundamental. O amor, o afeto, o cuidado é o que vai fornecer o alicerce para que esta criança possa se erguer com segurança na sua vida.” reflete Tio Mário.

Nossas crianças e jovens precisam exatamente de personagens, não só fantasiosos, mas reais que estejam alinhados com muita responsabilidade na tratativa com as mesmas. O uso muito sagaz da tecnologia só traz vantagens, como a democratização ao acesso de informações, atrações e histórias diversas. O trabalho do Tio Mário – @canaldotiomario – é exemplo disso e segue como uma sugestão para que possamos viralizar cada vez mais e dessa forma, proporcionar o chamado infotretenimento (informação + entretenimento) fomentado com muito respeito e afeto.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Andréa Nakane: Entretenimento Infanto-Juvenil com Qualidade e Afeto
Andréa Nakane é carioca, apaixonada pela Cidade Maravilhosa, relações públicas, professora universitária, Doutora em Comunicação Social e Mestre em Hospitalidade.Embaixadora do RJ. Vive há 20 anos em Sampa e adora interagir com pessoas singulares que possam gerar memórias afetivas construtivas.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui