Andréa Nakane: FLICA Chega para Ficar

A colunista do DIÁRIO DO RIO fala sobre a Feira Literária de Casimiro de Abreu (FLICA)

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Sônia Regina Siqueira Cardoso, 59 anos, natural de Casimiro de Abreu/RJ é professora orientadora educacional no município de Macaé e sua paixão pelos livros, desde cedo, a estimulou encontrar meios que facilitassem seu acesso a esse universo.

“O meu desejo por leitura começou bem cedo, mas não havia na cidade ou na escola onde eu estudava, oferta de livros ou biblioteca. Foi na adolescência que comecei a ter contato com livros. Eram livros de bolso ou bolsilivros, como chamávamos. Romance e faroeste, que pegava emprestado com amigos.”, declara Sônia Regina.

Formada em Psicopedagogia e Orientação Educacional, Sônia Regina, foi diretora de escola por duas vezes e nessas experiências, ela se preocupou com a organização de um espaço para bibliotecas. 

Toda essa bagagem proporcionou a Sônia Regina assumir a presidência de uma fundação cultural e estimular projetos e ações que democratizassem a leitura.

Advertisement

“As Feiras Literárias, que vem se popularizando no estado, tem sua importância à medida que promovem o acesso a todos e a visibilidade de autores e obras que, de outra forma, teriam dificuldades. Nas cidades do interior que sequer tem uma livraria, esse é o momento de tocar, cheirar, ver livros a gosto! “constata Sônia Regina.

E agora, nos dias 17 e 18 de novembro, em Casimiro de Abreu, Sônia Regina está totalmente envolvida na realização da FLICA- Feira Literária de Casimiro de Abreu – que nasceu da parceria entre o Lions Clube Casimiro de Abreu, a ACALE- Academia Casimirense de Artes e Letras e a Fundação Cultural Casimiro de Abreu.

“A visita à Feira Literária de Sta. Maria Madalena, fez vir à tona o desejo antigo de ver nosso município tomado por livros e leitores. Desejo também de todos as pessoas de bem que moram por aqui. Somos da terra do poeta romântico Casimiro José Marques de Abreu, não tem como deixar isso sem projeção.” afirma Sônia Regina.

A FLICA pretende não só atender a população local, mas também atrair visitantes, ávidos por obras exclusivas, sobretudo, porque será organizada em um fim de semana prolongado, o que aumenta o interesse dos leitores de outros municípios, que poderão usufruir da hospitalidade de Casimiro de Abreu, com boas condições de hospedagem e atrativos naturais.

O evento acontece na Praça Jadylson Araújo, a partir das 18h, do dia 17 (sexta-feira) e das 09h às 23h30min, no dia 18 (sábado), com uma programação diversa, incluindo oficinas literárias, recreação infantil, cinema, exposição de quadrinhos, roda de conversas com autores e shows musicais, com entrada franca.

Ler expande horizontes e fomenta maior cidadania, por isso todas as manifestações que enalteçam os livros devem ser sempre muito bem-vindas e prestigiadas por todos.

Que a edição de 2023 da FLICA seja a primeira de muitas e conquiste um lugar especial no coração de todos os fluminenses, e quiçá de todos os brasileiros.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Andréa Nakane: FLICA Chega para Ficar
Andréa Nakane é carioca, apaixonada pela Cidade Maravilhosa, relações públicas, professora universitária, Doutora em Comunicação Social e Mestre em Hospitalidade.Embaixadora do RJ. Vive há 20 anos em Sampa e adora interagir com pessoas singulares que possam gerar memórias afetivas construtivas.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui