Andréa Nakane: Inspiração na Dor e Alegria em Memória

Colunista do DIÁRIO DO RIO fala sobre Tia Ju, CEO e fundadora da PetCreche da Ju

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Juliana Coelho dos Santos Mello, a Tia Ju, 34 anos, carioca, moradora de Botafogo, tem sua formação inicial como advogada, mas há alguns anos, o foco de seu trabalho mudou completamente quando tornou-se CEO e fundadora da PetCreche da Ju.

A inspiração para empreender surgiu de um momento de muita dor, quando Tia Ju teve que enfrentar o luto com o falecimento de sua mãe, buscando se reerguer de todas as formas, e nisso incluiu alternativas de trabalho, além da advocacia.

Contando com a ajuda do avô e seu filho, Tia Ju começou realizando passeios com cachorros de conhecidos e colegas pelas ruas do bairro onde mora e ao gravar um vídeo, logo depois postado nas redes sociais, ela oficialmente apresentou a ideia de ter negócio que acolhesse os animais em um tempo no qual seus tutores não tivessem disponibilidade para estarem juntos.

“A minha mãe e avós tinham criação de cães. Minha mãe inclusive era protetora de cães, principalmente os deficientes, mais idosos. Ela doava praticamente todo o seu dinheiro, seu tempo e carinho a causa animal. Seu sonho era ter um santuário dedicado aos animais. O meu negócio, sem dúvida alguma, é fruto de tudo isso, uma herança que ela deixou, mantendo viva sua memória.” relata Tia Ju.

Advertisement

Leia também

Custas judiciais aumentaram 45% no estado do Rio de Janeiro nos últimos dois anos

Proposta do BNDES para o Centro do Rio inclui calçadões e parque no Canal do Mangue

A inauguração da PetCreche da Ju – que tem como seu maior diferencial o atendimento personalizado – foi em junho de 2020, oferecendo serviços de creche, hospedagem, passeios, posteriormente, incluiu serviços de banho, tosa higiênica e atividades cognitivas, estimulando seus sentidos, com direito a piscina, espelhos d´água, e até mesmo festas temáticas para seus clientes de quatro patas.

“O dia-a-dia da PetCreche da Ju é muito divertido e repleto de afetos. É um ambiente extremamente carinhoso, cheio de trocas, possibilitando que os animais tenham períodos relaxantes, com muito cuidado e zelo, o que permite que seus tutores fiquem tranquilos e tenham a certeza que seus bichinhos estão recebendo um tratamento muito nobre e digno, como se estivessem ao seu lado.” conta Tia Ju.

Tia Ju reforça que na nova configuração familiar, os animais são integrantes plenos, que recebem tratamentos e cuidados especiais, estando inclusos no orçamento doméstico e por essa razão, cada vez mais, pode-se observar a proliferação de centros de serviços destinados aos pets, visando o bem-estar de todos os envolvidos.

Hoje a PetCreche da Ju – @petcreche.daju – recebe diariamente cerca de 20 a 25 cães, em uma carteira de mais de 600 animais que já passaram por lá, inclusive muitos turistas acabam também usufruindo dos serviços oferecidos, pois ao viajarem com seus cães acabam encontrando no serviço de day care, um espaço adequado para o usofruto dos bichinhos, liberando seus tutores para realizarem passeios e curtirem a cidade do Rio de Janeiro, sem a preocupação com eles.

A cachorra, Pretinha, de 11 anos, a última resgatada pela mãe da Tia Ju, é uma espécie de mascote da PetCreche da Ju. Ela interage com todos, tutores e animais e se tornou uma espécie de anfitriã do negócio, recebendo muitos afagos.

Tia Ju, ciente da situação de muita vulnerabilidade que a população de animais abandonados passa por toda a cidade, reforça a importância de uma maior cobrança junto ao poder público da ampliação de ações como castrações e maior contribuição as Organizações Sociais e Protetores que, infelizmente, estão atravessando momentos muito difíceis, com abrigos super lotados e com grande endividamento.

A PetCreche da Ju faz sua parte, e mensalmente, escolhe uma organização para realizar uma doação, além de estar engajada em campanhas de adoções, sobretudo de animais sem raça definida.

Tia Ju é um exemplo de que ao fazermos o que gostamos, adicionando comprometimento e amor, o sucesso é garantido. Em momentos de grandes dificuldades, é possível, por meio da resiliência, encontrar novos caminhos, até então, inexplorados, mas, que de alguma forma, acabam por nos encontrar.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Andréa Nakane: Inspiração na Dor e Alegria em Memória

Andréa Nakane é carioca, apaixonada pela Cidade Maravilhosa, relações públicas, professora universitária, Doutora em Comunicação Social e Mestre em Hospitalidade.Embaixadora do RJ. Vive há 20 anos em Sampa e adora interagir com pessoas singulares que possam gerar memórias afetivas construtivas.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui