Andréa Nakane – Samba que faz Dançar e Aprender

Trata-se do projeto Samba Comentado, que tem como premissa explicar o que está por trás das 12 letras dos sambas das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro para o carnaval de 2024

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Marcos Seixas Soares, mais conhecido como Marcos Dino, 46 anos, paulista, administrador de empresas, trabalha como gerente de novos negócios de uma empresa de projetos de engenharia e acrescentou em seu curriculum um pioneirismoque tem encantado os amantes de Carnaval.

Trata-se do projeto Samba Comentado, que tem como premissa explicar o que está por trás das 12 letras dos sambas das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro para o carnaval de 2024.

O projeto – uma parceria do “Instituto do Samba”, que tem Marcos Dino, como seu vice-presidente, com os “Doentes da Sapucaí”, visa mostrar as curiosidades e as mensagens que estão por trás de cada letra. Ao todo, serão 12 vídeos, um para cada escola de samba do grupo especial do RJ de 2024.

Os sambas de 2024 do RJ explicados em formato de vídeo, mostrando de forma ilustrada e dinâmica toda a história, as curiosidades e as mensagens que estão por trás das letras.

Advertisement

Leia também

TransBrasil inicia operações neste sábado, da Penha ao Terminal Gentileza

Leblon tem o condomínio mais caro do Brasil

Cada vídeo tem duração média de 7 minutos e utiliza imagens, vídeos, entrevistas com os compositores, animações e muita pesquisa para ilustrar de maneira didática e dinâmica o significado de cada trecho dos sambas. A narração, a pesquisa e o roteiro foram feitos pelo jornalista, compositor e apaixonado por samba enredo Alexandre Araújo. A edição e adireção de arte ficaram a cargo de Pedro Vidaurre.

Segundo o jornalista e sambista Alexandre Araújo, o trabalho faz com que você tenha uma nova visão sobre o samba-enredo. “Nós compositores ouvimos que os sambas são muito parecidos, mas acho que nunca houve um trabalho que esmiuçasse e explicasse o que está por trás de cada letra de samba. Essa série vai fazer com que muita gente se eduque e passe a olhar os desfiles de escolas de samba com uma outra perspectiva”.

A exibição é feita pelo canal do Instituto do Samba (https://www.youtube.com/InstitutoDoSamba) no YouTube, com divulgação nos diversos canais dos parceiros: escolas de samba, intérpretes, compositores, portais de comunicação e personalidades ligadas ao universo do samba. O lançamento foi no dia 24 de janeiro de 2024 e os 12 vídeos são publicados diariamente a cada dia da semana até o dia 04 de fevereiro, 2ª feira da semana do carnaval.

A ideia de criar o Samba Comentado nasceu da perspectiva de entender passo a passo o samba da Imperatriz Leopoldinense de 2018, que falou sobre o Museu Nacional do RJ e que sofreu um incêndio meses depois de ser enredo da escola daquele ano. Naquela época, de forma amadora e ancorado apenas em pesquisas pela internet, o 1º Samba Comentado foi criado. Um ano depois veio a 2ª edição, explicando também em vídeo o enredo dos Doentes da Sapucaí de 2019: “As 10 Campeãs da Sapucaí”.

A iniciativa está sendo muito bem recebida pela comunidadecarnavalesca, que além de valorizar o trabalho das escolas, tornam os próprios compositores mais reconhecidos, disseminando maior conhecimento sobre os enredos e exaltando o conteúdo histórico por trás das letras.

“Um exemplo do quanto as escolas acolheram o projeto foi o que ocorreu na Porto da Pedra, onde foi colocado um telão na quadra, que estava lotada, para que a comunidade pudesse assistir. Parecia um cinema, as pessoas atentas, buscando se informar dos detalhes de cada trecho do samba. Este reconhecimento nos enche de energia para continuar nossa missão de fomentar o resgate da cultura de samba enredo.”relata Marcos Dino.

Já de olho no Carnaval de 2025, Marcos Dino revela que há pretensão de continuidade do projeto, agregando novas categorias de agremiações, além do Grupo Especial carioca,ainda com a possibilidade de expansão para a cidade de São Paulo. E para isso, ele sonha em aumentar a equipe de trabalho, conquistar patrocinadores e suscitar, ainda mais, o interesse das comunidades do mundo do samba.

“Existe uma riqueza histórica e cultural incalculável que o samba carrega por trás das suas letras, e que muitas vezes deixamos escorrer entre os dedos. Esse é o motivo de termos criado o projeto “Samba Comentado”, para que as pessoas passem a ser expostas de forma mais clara e didática a este tesouro cultural que o samba oferece e, assim, fomentar o resgate da cultura do samba enredo na população brasileira. Quanto mais a gente entende sobre um determinado assunto, maior a tendência de gostarmos dele, de querer participar mais, divulgar, propagar. Enfim, é um desperdício ver uma cultura tão rica perder espaço nas vidas das pessoas por puro desconhecimento, em especial os jovens, que passaram a consumir conteúdos musicais culturalmente “menos ricos”, declara Marcos Dino.

Além de nos permitir extravasar emoções, compactuar com a alegria, o Carnaval também nos permite ampliar nossa cultura e, o projeto Samba Comentado é um componente que não pode faltar para uma apoteótica evolução dessa festa popular, tão rica e representativa.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Andréa Nakane - Samba que faz Dançar e Aprender

Andréa Nakane é carioca, apaixonada pela Cidade Maravilhosa, relações públicas, professora universitária, Doutora em Comunicação Social e Mestre em Hospitalidade.Embaixadora do RJ. Vive há 20 anos em Sampa e adora interagir com pessoas singulares que possam gerar memórias afetivas construtivas.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui