Anvisa proíbe venda de 2 lotes de chocolates ‘Garoto’ que podem conter vidro

Os produtos contaminados são barras de ‘chocolate ao leite com castanhas de caju’ e ‘chocolate ao leite com castanhas de caju e uvas passas’, ambas de 80 gramas. A própria empresa Garoto notificou a Agência Sanitária e está fazendo o recolhimento voluntario dos lotes afetados

Foto: Reprodução

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta terça-feira, (18/10), a proibição de comercialização, distribuição e uso de dois lotes de chocolates da marca Garoto que podem conter fragmentos de vidro. Os produtos contaminados são barras do sabor chocolate ao leite com castanhas de caju e chocolate ao leite com castanhas de caju e uvas passas, ambas de 80 gramas.

A agência foi notificada pela própria empresa, que começou a recolher as barras voluntariamente. De acordo com a Garoto, a maior parte dos lotes afetados ainda não foi comercializado. Porém, os produtos foram distribuídos em partes do Espírito Santo, vizinho do Rio de Janeiro.

A Anvisa reforça que há possibilidade de contaminação apenas nos dois produtos anunciados.

Caso você tenha adquirido um dos produtos que podem estar contaminados, verifique o lote do produto no verso do rótulo, próximo ao lacre. Os lotes recolhidos têm o código 225212941G ou 225312941G. Caso identifique algum deles, não consuma o produto.

Foto: Divulgação

Guarde a embalagem e entre em contato para troca ou reembolso com o Serviço ao Consumidor Garoto, pelo telefone 0800 055 95 50, que possui atendimento de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, exceto em feriados. Ou, ainda, mande e-mail para sacgaroto@garoto.com.br.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui