Após 10 anos fechado, Museu Carmen Miranda reabre nesta sexta-feira

Além de expor a vida e a obra de Carmen Miranda, o museu promove ainda várias atividades culturais, como palestras, oficinas e apresentações artísticas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Museu Carmen Miranda / Foto: Gui Maia

Projetado por arquiteto Affonso Reidy e inaugurado em 1976, o Museu Carmen Miranda, no Aterro do Flamengo, será reaberto ao público nesta sexta-feira (04/08). No equipamento, que estava fechado há 10 anos, ficarão expostos mais de 3 mil itens pertencentes à “Pequena Notável”. A reinauguração do espaço terá início às 18h, com a abertura da exposição “Viva Carmen”, sob curadoria do escritor e biógrafo da artista, Ruy Castro, e de Heloisa Seixas. A cantora Juliana Maia fará uma apresentação performática em homenagem à Carmen Miranda.

A secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (Sececrj), Danielle Barros, ressaltou que a pasta tem se empenhado em devolver à população todos os espaços culturais que representam a história da cultura fluminense e brasileira. Com a mostra, ela espera que os visitantes conheçam e valorizem a trajetória de Carmen Miranda, artista de grande projeção internacional.

“Estamos trabalhando incansavelmente para a reabertura de casas de cultura importantes para o Estado, e o Museu Carmen Miranda representa a história da cultura fluminense e brasileira. Aqui, o público vai poder ter acesso a itens magníficos, como figurinos usados pela artista, fotografias raras, objetos pessoais e registros históricos, tudo cuidadosamente selecionado para oferecer uma experiência rica e emocionante aos visitantes”, disse Danielle Barros.

O presidente da Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro (Funarj), Jackson Emerick, destacou que a revitalização e reabertura dos espaços culturais fluminenses tem um papel importante no acesso democrático à cultura nas suas mais variadas expressões.

Advertisement

“Nos últimos meses, conseguimos garantir a reabertura da Casa de Oliveira Vianna, em Niterói, e da Casa de Euclides da Cunha, em Cantagalo, e estamos reformando a Casa da Marquesa, em São Cristóvão. A nossa missão é estimular as artes, colocando o Rio de Janeiro como centro no cenário cultural nacional”, afirmou Emerick.

Além de expor a vida e a obra de Carmen Miranda, o museu promove ainda várias atividades culturais, como palestras, oficinas e apresentações artísticas, contribuindo para a popularização e valorização do patrimônio artístico do Brasil.

O Museu Carmen Miranda fica na Avenida Rui Barbosa, s/n, Flamengo, e funcionará de segunda à sexta-feira, das 11h às 17h; e aos sábados, domingos e feriados, das 12h às 17h. A entrada é franca.

O Museu é administrado pela Fundação Anita Mantuano de Artes do Rio de Janeiro (Funarj), por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (Sececrj).

Sobre o Museu

Serviço – Cerimônia de reabertura

Reabertura do Museu Carmen Miranda

Local: Avenida Rui Barbosa, S/N, Flamengo/RJ

Data: 04 de agosto de 2023

Hora: 18h

Entrada gratuita

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Após 10 anos fechado, Museu Carmen Miranda reabre nesta sexta-feira
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Após 10 anos fechado, Museu Carmen Miranda reabre nesta sexta-feira
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui