Após dois meses de internação, morre a autora de telenovelas Maria Carmem Barbosa

Com mais de de 40 de carreira, ela escreveu programas de humor, como o Sai de Baixo. A parceria com Miguel Falabella rendeu ainda as novelas A Lua me Disse, Salsa e Merengue e Toma Lá, Dá Cá

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Maria Carmem Barbosa e Miguel Falabella / Reprodução da Rede Social do ator e diretor

Internada há dois meses na Casa de Saúde Pinheiro Machado, em Laranjeiras, na Zona Sul da cidade, Maria Carmem Barbosa faleceu nesta sexta-feira (22), aos 77 anos. Segundo o sobrinho da artista, Thiago Barbosa, ela teria morrido de madrugada após sofrer uma queda brusca de pressão e uma parada cardiorrespiratória. A artista também sofria de Mal de Alzheimer.

Maria Carmem foi durante muitos anos uma das principais autoras de novelas da Rede Globo de Televisão. Com mais de de 40 de carreira, ela escreveu programas de humor, como o Sai de Baixo e Vida ao Vivo.

Sua trajetória profissional teve início em 1970, no Programa Minerva da Rádio MEC, onde também criou o programa Falou e Disse. Na televisão, Maria Carmem escreveu obras marcantes, como Quarta Nobre, Tele -Tema e Grandes Nomes.

Versátil, ela também dialogou com o público jovem ao colaborar como roteirista em programa Armação Ilimitada, na década de 1980. Ela também foi colaboradora de outro programa emblemático da época, o Chico & Caetano, no qual os cantores recebiam grandes atrações musicais. Na década seguinte, Maria Carmem escreveu a comentada série Delegacia de Mulheres. Com o trabalho, o Brasil foi representado na conferência sobre violência doméstica realizada, em 1997, em Washington, nos Estados Unidos.

Advertisement

Com um dos seus parceiros prediletos: Miguel Falabella, Maria Carme escreveu as novelas A Lua me Disse, Salsa e Merengue e Toma Lá, Dá Cá.

Em uma rede social, Miguel Falabella escreveu: “Maria Carmem Barbosa, minha parceira e amiga por anos incontáveis. Escrevemos juntos novelas, peças e roteiros, viajamos juntos, sonhamos e idealizamos projetos, foi uma amizade daquelas que ficam gravadas nas estrelas. Eu poderia passar alguns dias contando histórias sobre nós dois e, na verdade, deixei de conta-las porque Maria Carmem já tinha nos deixado há alguns anos, quando resolveu que dava o viver já por vivido e saiu do ar, com muita rapidez, desligando-se do mundo. Agora veio a morte física. E o dia fervilha de lembranças! Amiga querida, parceira de tantas aventuras, descanse! Você merece”.

A família de Maria Carmem Barbosa ainda não divulgou informações sobre o velório e o enterro da artista.

Com informações da rádio Tupi.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Após dois meses de internação, morre a autora de telenovelas Maria Carmem Barbosa
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui