Após quase ser leiloada, Casa Afonso Arinos, em Botafogo, vai virar Museu da Literatura Brasileira

Imóvel onde viveu o jurista, tombado pela prefeitura, será vendido ao Ministério da Cultura

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
(Cris Costa, criadora de conteúdo da página @ViverBotafogo no Instagram/Reprodução)

Depois de enorme mobilização dos moradores de Botafogo para impedir o leilão da Casa de Afonso Arinos, no número 63 da Rua Dona Mariana, a prefeitura anunciou semana que, por por 10 milhões de reais, o imóvel será vendido diretamente ao Ministério da Cultura (MinC). O objetivo é transformar o espaço no Museu da Literatura Brasileira, sob gestão da Fundação Casa de Rui Barbosa, que é vinculada ao ministério.

Com lance mínimo de quase 3 milhões de reais, o imóvel onde viveu o jurista e político Afonso Arinos de Melo Franco iria a leilão no dia 17 de outubro. A ameaça da possível venda desacadeou protestos de moradores, intelectuais e da própria família de Arinos, que não desejavam ver a casa vendida para a iniciativa privada.

O escritor Cesário Mello Franco, neto do jurista, chegou a criar um abaixo-assinado e estava organizando uma manifestação na próxima sexta (29). “É uma casa do povo brasileiro. O que aconteceu ali precisa ser guardado para edificar o pensamento popular e o pensamento público”, disse ele, em entrevista ao RJ TV da TV Globo. A petição on-line chegou a reunir mais de 3.600 assinaturas em apenas três dias.

Um dos mais importantes homens públicos do Brasil, Arinos foi imortal da Academia Brasileira de Letras, ministro das Reações exteriores, senador e deputado federal, tendo feito história por ser autor da primeira lei contra discriminação racial no país, em 1951. O imóvel onde viveu foi tombado pela prefeitura em 1990, logo após sua morte.

Advertisement

Em 1995, durante a administração de Cesar Maia, a casa foi comprada pela prefeitura para sediar os órgãos de proteção ao patrimônio cultural da cidade, como informa uma placa ali colocada. Em agosto de 1996, a casa e sua biblioteca foram abertos ao público.

O próprio Afonso Arinos queria que ela fosse aberta à população. Se fosse para vender, ele teria feito isso e ficado com o dinheiro”, disse à TV Globo a presidente da Associação de Moradores de Botafogo, Regina Chiaradia.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Após quase ser leiloada, Casa Afonso Arinos, em Botafogo, vai virar Museu da Literatura Brasileira
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Após quase ser leiloada, Casa Afonso Arinos, em Botafogo, vai virar Museu da Literatura Brasileira
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui