Após reformas, Prefeitura do Rio entrega várias bibliotecas públicas aos cariocas

A biblioteca Cecília Meireles funciona segunda à sexta, das 10h às 17h, inclusive nos finais de semana, com empréstimo de livros, área para leitura e letramento, bem como atividades artísticas e culturais

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Fachada da Biblioteca Municipal Cecília Meireles / Divulgação

A Prefeitura do Rio de Janeiro, através da Secretaria Municipal de Cultura, está voltada para o incentivo da leitura na cidade, por isso, está abrindo e reinaugurando bibliotecas em vários pontos do município. As inaugurações e entregas desses espaços estão à cargo da Gerência de Livro e Leitura da secretaria.

Uma das unidades devolvidas à população foi a biblioteca Cecília Meireles, localizada na Lona Cultural Jacob do Bandolim, em Jacarepaguá, Zona Oeste da cidade. Já a Areninha Sandra Sá, em Santa Cruz, também na Zona Oeste, ganhou o Espaço de Leitura Moacyr Teixeira. De acordo com o planejamento da Prefeitura, em breve as bibliotecas Machado de Assis, em Botafogo, na Zona Sul; e Marques Rebelo, na Tijuca, na Zona Norte do Rio, estarão em funcionamento.

A biblioteca Cecília Meireles conta com diferenciais que, certamente vão agradar os usuários. Na unidade há uma área externa à disposição do público. Além disso, a biblioteca funciona durante os finais de semana, com empréstimo de livros, área para leitura e letramento, bem como atividades artísticas e culturais. A biblioteca funciona de segunda à sexta-feira, das 10h às 17h, inclusive nos finais de semana.

A Prefeitura também vai inaugurar uma nova unidade na Zona Sul. Será o Espaço de Leitura Alfredo Machado, na Sala Baden Powell, em Copacabana. O espaço contará com uma novidade que pode beneficiar pessoas idosas e com problemas de mobilidade e demais usuários: o delivery de livros via aplicativo, com entregadores de bike. A modalidade de empréstimo é gratuita e poderá será acessada por moradores do bairro, além de leitores do Leme, Ipanema e Leblon.

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

A biblioteca foi batizada com o nome do fundador da Editora Record, cujo centenário foi celebrado em 2022. A editora doou 1,2 mil títulos à biblioteca.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Após reformas, Prefeitura do Rio entrega várias bibliotecas públicas aos cariocas

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui