AquaRio recebe a exposição imersiva Oceano Sem Fronteiras 

A experiência provoca reflexões sobre a necessidade de promover a conscientização global sobre as ameaças ao Oceano

Foto: Renato Mangolin

De 10 de setembro a 11 de dezembro, o Aquário Marinho do Rio de Janeiro – AquaRio , recebe a exposição imersiva “Oceano Sem Fronteiras”, uma experiência lúdica que mostra a grandiosidade dos mares e suas profundezas, propondo reflexões sobre como podemos garantir uma relação sustentável e saudável com esse ecossistema único.

A exposição, que acontece dentro da Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável estabelecida pela ONU (2021 – 2030), é realizada pela Deeplab Project em parceria com a Metaverse Agency, e produzida pela Dellarte Soluções Culturais.

“Mais do que levar à nossa audiência arte, ciência e tecnologia, queremos engajar o público chamando-o à ação em relação à conservação do Oceano. Nossa ideia é que o visitante tenha diferentes sensações e reflexões em relação aos mares: seja por sua beleza e biodiversidade, por seus segredos e mistérios, por seus problemas e suas consequências – e buscando soluções para esses dois últimos temas;”,  afirma Eduardo Carvalho, curador da exposição.

Instalada em um espaço de 170m², a exposição apresenta conteúdos diversos, mapas e painéis sobre a economia oceânica, o litoral brasileiro, a relação dos humanos com o mar, além de alertar para problemas que afetam a biodiversidade com consequências para a população global.

Programa para toda a família, “Oceano sem Fronteiras” traz ainda uma experiência imersiva, em que o visitante poderá interagir com projeções, que o levarão a um mergulho com seres marinhos, e entender como é possível proteger o Oceano. 

“Desde a sua abertura, o AquaRio prioriza a educação ambiental como forma de ajudar o conscientizar o público sobre a importância da conservação da biodiversidade marinha. Ao longo de mais cinco anos, o atrativo trouxe diversas experiências aos visitantes e, a partir de setembro, recebe a exposição imersiva Oceano Sem Fronteiras. Com isso, esperamos que o público se sinta engajado a ser o guardião dos mares, entendendo a relação única que a humanidade sempre teve com os oceanos”, diz Talita Uzeda, gerente de sustentabilidade do Grupo Cataratas, empresa responsável pela gestão do AquaRio, maior aquário da América do Sul, localizado no Porto Maravilha e reúne cerca de três mil animais em 28 tanques que somam 4,5 milhões de litros de água salgada. 

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui