Foto: de gustavoboulhosa por Pixabay

No próximo dia 18/10, às 17h, será inaugurado, na Praia do Arpoador, um monólito do Caminho de Santiago, símbolo do 3º maior destino de peregrinação cristã no mundo (depois de Roma e Jerusalém), e que ficou famoso no Brasil depois do livro Diário de um Mago, de Paulo Coelho.

Trazido diretamente da Espanha pelo governo da região da Galícia e pelo Consulado da Espanha, o monólito, que se incorpora à paisagem do Rio, é uma peça encontrada ao longo do Caminho de Santiago, reconhecida por todos que fizeram o caminho, e representa a continuidade da jornada ao outro lado do Atlântico

Durante a inauguração, gaiteiros e um casal de músicos galegos, vindos da Espanha diretamente para o evento, farão uma breve apresentação musical, que será ampliada em um show gratuito com uma hora de duração no dia seguinte, 19/10, no Parque das Ruínas, em Santa Teresa.

O monólito será colocado entre a Praia do Arpoador e a Praia do Diabo, e indica, se traçada uma linha reta a partir dele, a direção e distância – 8.138 km – em relação à Santiago de Compostela, onde se encontra a catedral e o final da jornada do peregrino. Historicamente, o local que abrigará o monólito conectou o Brasil à Europa através de cabos submarinos instalados na região, cuja inauguração, em 1874, ficou a cargo de D. Pedro II e do Barão de Mauá.

A escolha do Rio de Janeiro é simbólica: queremos integrar uma das principais cidades do mundo a uma tradição consagrada como Patrimônio Cultural da Humanidade e, assim, compartilhar entre as duas regiões os valores que o Caminho representa, como espiritualidade, humanismo, respeito à diversidade e a convivência entre os povos”, afirma o Cônsul Geral da Espanha no Rio de Janeiro, Luis Prados Covarrubias. Uma caminhada promovida pela Associação Brasileira dos Amigos do Caminho de Santiago com peregrinos e futuros peregrinos está prevista para terminar seu trajeto no local do evento para a inauguração

Show gratuito no Parque das Ruínas

No dia seguinte à inauguração do monólito e em comemoração ao ato, dia 19/10, sábado, o governo da Galícia e o Consulado Geral da Espanha no Rio de Janeiro, em parceria com a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, oferecem, às 16h30 no Parque das Ruínas, em Santa Teresa, o evento “España en Río: uma tarde na Galícia”, com um show da cantora espanhola Rosa Cedrón e do violonista também espanhol Emilio Rúa, além da apresentação musical do grupo de gaiteiros da Casa de Espanha.

Durante o show, os músicos realizarão, através de voz e violão, interpretações modernas de músicas tradicionais galegas e espanholas, além de clássicos universais. A região da Galícia é uma das mais próximas cultural e linguisticamente do Brasil, e representa a região de origem de mais de 65% dos espanhóis que vivem no Rio de Janeiro.

A parceria cultural entre os cariocas e a região da Galícia sempre foi muito intensa, com representantes importantes de ambos os lados reforçando esse laço histórico, tanto na literatura, com autores como Nélida Piñón, brasileira de origem galega, como em outros setores das artes”, afirma o Cônsul da Espanha, Luis Prados Covarrubias. “Esperamos que o Programa Cultural España en Río, que este consulado realiza com o apoio de instituições e governos como o da Galícia, ofereça novas oportunidades para um estreitamento cultural constante entre o Rio e a Espanha”, diz.

Rosa Cedrón e Emílio Rúa são dois artistas que apresentam longa trajetória na música: ambos começaram precocemente aos sete anos de idade e participaram em grupos de grande sucesso antes de iniciar suas carreiras solo. Rosa Cedrón, além de cantora, é violoncelista e ganhou fama ao participar no grupo de música folclórica mais importante da região da Galícia, chamado “Luar na Lumbre”. Colaborou com músicos internacionais como Mike Oldfield e a gaiteira e pianista Cristina Pato.

Emílio Rúa, cantautor premiado que conta com nove álbuns lançados, tem, entre suas canções, a música “Vida Miña”, eleita pelos leitores do principal Jornal da Galícia como uma das melhores canções de todos os tempos. Em seu último disco, participaram 16 artistas espanhóis e internacionais de prestígio, como Pablo Milanés, Víctor Manuel, Rozalén, etc.

2 COMENTÁRIOS

    • No inicio do texto esta escrito: “No próximo dia 18/10, às 17h, será inaugurado, na Praia do Arpoador, um monólito do Caminho de Santiago,”
      logo o horário é às 17 horas

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui